Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 128
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

14/01/2002

DRAMA

Amiga suspeitou de cocaína
Advogado da percussionista Lan Lan diz que a cantora admitiu a um dos médicos que cheirou cocaína. À irmã, Cássia reclamou dias antes de falta de ar

Fotos exclusivas de Cássia Eller e do filho
Clique nas
fotos para ampliá-las

Luís Edmundo Araújo

Fernando Vivas/ A Tarde
Lan Lan na missa de 7º dia da cantora, em Salvador. “Ela viu uma substância branca escorrer do nariz de Cássia e desconfiou ser cocaína”, diz Lavigne.

Se há dúvidas de que Cássia Eller morreu ou não de overdose de cocaína, um fato, porém, é certo. A amigos e familiares, a cantora demonstrava preocupação com a saúde. Antes de ir para Brasília, onde passou o Natal, Cássia contou à percussionista da banda, Elaine Silva Moreira, a Lan Lan, que tinha parado de fumar porque vinha sentindo falta de ar. Carla Eller, irmã da cantora, também ouviu a mesma queixa. “Cássia teve um mal-estar e sentiu falta de ar”, conta ela. Na noite da quinta-feira 27, já no Rio, Cássia disse à irmã, por telefone, que não conseguira dormir e suspeitava de uma crise de bronquite. Temerosa, passou a noite na companhia de amigos.

Silvana Garzaro
Cláudia (à esq.), Ronaldo e Rúbia, irmãos de Cássia (detalhe)

A polícia tenta reconstituir as últimas horas de vida da cantora, morta no sábado 29 de dezembro, e determinar os motivos das paradas cardíacas. Os indícios de que Cássia consumiu cocaína antes de ser internada cresceram com o depoimento à polícia do cardiologista Marcos Vinícius Oliveira, na segunda-feira 7. Segundo Marcos, primeiro a atender Cássia na clínica, Lan Lan lhe falou que a amiga poderia ter usado a droga. O advogado de Lan Lan, Arthur Lavigne, acrescentou: “Cássia disse a Lan Lan que não tinha consumido cocaína, mas ela desconfiou ao perceber uma substância branca escorrendo de seu nariz”. Lan Lan relatou a Lavigne ainda ter ouvido uma conversa entre dois médicos. Um deles, não identificado, teria comentado que ouviu de Cássia a confissão de que ela cheirara 1g de cocaína. “Misturado com álcool, 1g de cocaína pode matar”, diz Ronaldo Laranjeira, psiquiatra especializado em álcool e drogas.

“Um grama de cocaína com álcool pode matar’’ Ronaldo Laranjeira, psiquiatra especializado em álcool e drogas

A polícia espera esclarecer esses fatos com os depoimentos de Lan Lan e da percussionista Tamima Brasil, que também socorreu Cássia, marcados para quinta-feira 10. Lan Lan esteve com a cantora em suas últimas horas de vida. Cássia ensaiou com a banda na sexta-feira 28 e, às 20h, voltou com Lan Lan para casa. A percussionista insistiu para ficar lá, mas a amiga quis ficar sozinha. Lá, bebeu muita cerveja. As duas trocaram telefonemas até as 2h e, no último deles, a cantora disse ter quebrado todos os telefones fixos da casa. Iria dormir, mas estaria com o celular ligado. De manhã, Cássia ligou dizendo que não estava bem. Foi quando Lan Lan tentou salvá-la, levando-a para a clínica. Carla, irmã de Cássia, não quis comentar as declarações de que a cantora usou cocaína antes de morrer.

Colaboraram Edwin Paladino e Eduardo Minc

Leia mais

Uma decisão inédita
“Mãe, você não é mulher”

Comente esta matéria
 



Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE 1
Quem foi o mais bem vestido de 2001?
:: VOTAR ::
 
ENQUETE 2
Quem foi o mais mal vestido de 2001?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
Em decisão inédita a Justiça brasileira deu a guarda provisória do filho de Cássia Eller, Chicão, para sua companheira Eugênia. O que você acha disso?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três