23 de setembro de 1999
Escolha sua capa
Home
Semana
Diversão e Arte
Outras Edições
Fale Conosco
Assine
Busca

 


  romárioSílvio Santos

Em 1971, aos 36 anos, no auge da forma e dos índices de audiência, o ex-vendedor ambulante nascido Senor Abravanel, no bairro carioca da Lapa, foi clicado pela então jurada Cinira Arruda, 45. "Era o quadro Cidade Contra Cidade, pelo qual ainda recebemos cartas", explica Cinira, hoje assessora direta de Sílvio. De terno pespontado de três bolsos, costeletas compridas, cabelos ainda fartos e microfone com suporte, ele badalava um sino para marcar o tempo das competições. "Era uma época de improvisação, em que se faziam programas por amor à tevê, não por amor ao Ibope", diz Cinira. Depois de reduzir sua participação dominical por problemas nas cordas vocais que o levaram a uma cirurgia em 1988, o apresentador, agora com 63 anos, voltou à ativa. Reeditou o Qual é a Música? e decidiu apresentá-lo pessoalmente. Com isso, reconquistou a liderança de audiência dominical no horário das 13h30.