PUBLICIDADE

Zelda: Ocarina of Time para PC está chegando com mods, 60 fps e mais

Grupo de fãs quer criar versão de PC totalmente jogável de Zelda: Ocarina of Time, aproveitando que o código do game foi lançado na web em 2021

25 jan 2022 14h17
ver comentários
Publicidade

The Legend of Zelda: Ocarina of Time vai ter uma versão para PC e com melhorias, mas obviamente não-oficial. Um grupo de fãs está trabalhando nesta edição do game de Nintendo 64, com base no código divulgado em novembro de 2021, que fez completa engenharia reversa do título. O objetivo original dos autores que liberaram o código não era esse, mas outro grupo assumiu a autoria da conversão.

Zelda: Ocarina of Time ganha versão PC em breve
Zelda: Ocarina of Time ganha versão PC em breve
Foto: Reprodução / Tecnoblog

O projeto original foi feito pelo Zelda Reverse Engineering Team. Agora o The Harbour Masters anunciou que está trabalhando na edição PC, que virá com suporte a modificações, 60 quadros por segundo e mais. Muita coisa já está pronta e a equipe estima que o projeto esteja com 90% de conclusão.

O grupo alega que começou a trabalhar na conversão em dezembro, o que mostra que o processo tem sido bem rápido. Segundo o Ars Technica, o Harbour Masters contou que foi fácil criar uma versão completamente jogável em apenas algumas horas, a partir do código da ROM de Nintendo 64.

Alguns problemas devem ser resolvidos antes do lançamento, porém. Algumas das salas do jogo estão causando problemas na conversão e o grupo também está tentando descobrir como extrair a música da ROM com qualidade - originalmente elas estão armazenadas na qualidade MIDI, ou próximo disso. A ideia é trazer a música com maior qualidade para os fãs.

Mesmo grupo criou Mario 64 PC

Vale lembrar que o Harbour Masters foi o mesmo grupo de fãs responsável pela criação da versão PC de Super Mario 64, com gráficos em 4K, em maio de 2020. A versão criada de Super Mario 64 também apresentou recursos que não existiam no jogo original, como modo de tela widescreen em 4K (2160p), com 60 quadros por segundo e que utiliza DirectX12 para rodar.

Só por comparação, o jogo de 1996 rodava em 240p e em 30 quadros por segundo, quando não colocava esta taxa abaixo disso em alguns momentos. Da mesma forma acontece com o Zelda, que deve ser incrivelmente melhorado nesta versão.

Vale lembrar que o projeto não é aprovado ou reconhecido pela Nintendo e há sempre o risco de sair do ar antes mesmo de chegar ao público. Ainda assim o Harbour Masters também pretende trabalhar em uma versão de PC de Majora's Mask, que está prestes a ter sua engenharia reversa completada.

Com informações: Ars Technica.

Zelda: Ocarina of Time para PC está chegando com mods, 60 fps e mais

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade