PUBLICIDADE

Steam Deck terá save dinâmico na nuvem muito melhor que qualquer console

Novo recurso de sincronização dinâmica com a nuvem do Steam permite ao usuário começar um jogo no Steam Deck e continuar no computador de onde parou, sem precisar fechar o game no PC portátil

25 jan 2022 14h53
ver comentários
Publicidade

A Valve está se preparando para o lançamento do Steam Deck, que acontece em fevereiro deste ano. Para melhorar a experiência dos usuários que vão jogar no desktop e no PC portátil ao mesmo tempo, a empresa estreou no Steam o recurso de sincronização dinâmica com a nuvem. Com isso, será possível abrir o jogo no computador e continuar de onde parou, sem precisar fechar o aplicativo no Deck.

Steam Deck
Steam Deck
Foto: Divulgação/Valve / Tecnoblog

A sincronização dinâmica com a nuvem do Steam promete ser mais rápida e fácil de usar do que qualquer outra ferramenta de gerenciamento de saves pela internet de consoles, incluindo os tão poderosos Xbox Series X|S e PS5. A ideia da Valve é permitir aos usuários começarem um game no Steam Deck e continuar jogando no PC de casa, sem baixar o save manualmente e sem perder o progresso.

Em um comunicado oficial publicado no site do Steam, a Valve explica como o novo recurso funciona e como ele pode beneficiar os futuros donos de um Steam Deck:

"Prevemos que será frequente que os usuários coloquem o Steam Deck em repouso sem fecharem o jogo antes, como é comum com outros dispositivos portáteis para jogos. Com a sincronização dinâmica com a nuvem, ao escolherem jogar em outro dispositivo (seja um computador ou outro Steam Deck), o seu progresso os acompanhará. O Steam enviará automaticamente para a nuvem todos os dados salvos modificados antes do dispositivo entrar no modo de repouso. Os usuários poderão então continuar de onde pararam em qualquer computador, laptop ou outro dispositivo. O Steam também baixará automaticamente todas as alterações de jogos salvos quando o Steam Deck sair do modo de repouso".

Valve.

Nova sincronização de saves do Steam não é obrigatória

A Valve ainda esclareceu que, apesar da sincronização dinâmica com a nuvem do Steam existir e ser gratuita para todos os títulos, a ferramenta não é ativada sozinha. Para habilitar o recurso, os desenvolvedores devem implementá-lo em seus jogos por meio do Steam Auto-Cloud ou pela API SteamRemoteStorage.

Se o jogo tiver a sincronização dinâmica com a nuvem habilitada, o Steam vai se conectar à internet para fazer upload do save assim que o Steam Deck entrar em modo de repouso. Assim, será possível abrir o mesmo game em um PC e continuar de onde parou no Deck de maneira automática.

Vale mencionar que a sincronização dinâmica com a nuvem não é um recurso obrigatório para jogar no Steam Deck. Caso a ferramenta seja desativada, o usuário ainda vai conseguir acessar o mesmo save no PC e no Deck, mas não poderá abrir o game no computador sem fechar o aplicativo por completo no PC portátil antes.

Por mais que o recurso pareça bastante útil, a Valve deixou alguns pontos sem explicação. Por exemplo, não sabemos como o Steam Deck irá sincronizar os saves em lugares sem redes Wi-Fi disponíveis, como em um avião. Também não foi falado se o Steam vai tentar se conectar à internet mesmo em repouso para fazer upload dos saves.

Essas e outras dúvidas sobre a sincronização dinâmica com a nuvem devem ser respondidas somente após o lançamento do Steam Deck — marcado para acontecer em algum momento de fevereiro deste ano.

Com informações: ArsTechnica.

Steam Deck terá save dinâmico na nuvem muito melhor que qualquer console

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade