PUBLICIDADE

Riot deixa Nicolino voltar a narrar Valorant após acusação de assédio

Riot Games tira suspensão do caster Nicolas "Nicolino", de Valorant, e diz que "não houve violação das políticas da empresa"

3 ago 2021 18h10
| atualizado às 18h55
ver comentários
Publicidade

Afastado pela Riot Games em julho deste ano, após acusações de assédio, o caster Nicolas "Nicolino" Emerenciano vai voltar a narrar transmissões dos torneios oficiais da Valorant Champions Tour Brazil, a partir de 7 de agosto. Em comunicado oficial publicado nesta terça-feira (3), a desenvolvedora anunciou o retorno do narrador, informando que não havia encontrado violação nas regras de conduta da empresa.

Nicolas "Nicolino" Emerenciano, caster de Valorant da Riot Games
Nicolas "Nicolino" Emerenciano, caster de Valorant da Riot Games
Foto: Reprodução/Instagram nicolinonez1 / Tecnoblog

Atualização (03/08, às 18h53): a Riot Games publicou outro comunicado na noite desta terça-feira, informando que suspendeu novamente Nicolino, dessa vez por tempo indeterminado.  Confira, a seguir, a mensagem na íntegra:

Durante as últimas semanas, o nosso processo de avaliação da situação e de fatos de conhecimento da Riot foram compartilhados com a equipe do VCT-BR, para garantir que todos estavam confortáveis com as decisões tomadas até o momento com relação ao caster Nicolino. No entanto, após a publicação de nosso comunicado, tivemos discussões adicionais com o time à luz de novos relatos, e optamos por manter o afastamento do caster por período a ser definido.

Em respeito à privacidade de todos, não entraremos em detalhes. Reforçamos o compromisso de criar um espaço de inclusão e segurança em nossas comunidades e operações, e essa é a nossa prioridade no VCT-BR. Estamos abertos a ouvir todos e sempre que for preciso vamos reavaliar nossas decisões no sentido de preservar os valores nos quais acreditamos.

Riot Games.

Comunicado original sobre caso Nicolino era confuso

O comunicado origial, porém, deixava algumas dúvidas. Logo após informar que o caster não havia violado as políticas da empresa, a Riot Games concluiu o texto dizendo que "ainda há espaço para melhora em condutas". "Estamos trabalhando junto dele no intuito de garantir que vivencie integralmente os valores da Riot", afirmou a empresa.

Nicolino retorna às transmissões oficiais de campeonatos da Riot Games a partir do dia 7 de agosto, na Valorant Champions Tour Brazil. Por enquanto, o caster ainda não se pronunciou nas redes sociais sobre a decisão da empresa, nem sobre as denúncias de assédio.

No Twitter, a comunidade de Valorant questionou a Riot Games, apontando falta de esclarecimento sobre as investigações das denúncias de assédio. "Só foi esse o único pronunciamento sobre tudo que ocorreu? E todas as meninas que se juntaram e tomaram coragem pra expor isso?! Acho que elas merecem uma resposta melhor sobre isso tudo", tweetou a jogadora profissional Taynah "Tayhuhu" Yukimi.

Entenda por que a Riot Games afastou Nicolino

No início de julho, Nicolino foi afastado dos campeonatos oficiais de Valorant após ser denunciado em um "exposed" nas redes sociais. Na época, usuários sugeriram que o caster tinha assediado mulheres pelo WhatsApp, mas nenhuma denúncia concreta havia sido registrada contra ele naquele momento. Desde então, o narrador não se pronunciou sobre as mensagens.

Como resultado, a Riot Games preferiu afastar Nicolino das transmissões de Valorant até o fim das investigações. O caster voltou aos torneios, mas nem ele, nem a desenvolvedora do shooter divulgaram informações claras sobre o caso.

Com informações: Globo Esporte, Riot Games.

Riot deixa Nicolino voltar a narrar Valorant após acusação de assédio

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade