PUBLICIDADE

Rei do Crime faz pacto com diabo e ganha poderes absurdos para encarar Demolidor

Rei do Crime aceita vender sua alma para um demônio para conseguir poderes que o permitam derrotar o Demolidor

18 jun 2024 - 01h54
(atualizado às 09h40)
Compartilhar
Exibir comentários

O Rei do Crime sempre foi um dos vilões mais interessantes da Marvel por ser essa ameaça constante aos super-heróis mesmo não tendo poder algum. Ele é apenas muito grande, cruel e perspicaz, o que faz dele uma ameaça para todos os vigilantes de Hollywood. Mas agora ele finalmente vai ganhar poderes para mandar o Demolidor para o inferno — e de forma literal.

Foto: Marvel Comics / Canaltech

Atenção para spoilers de Giant-Size Daredevil #1!

Rivalidade entre Rei do Crime e Demolidor ganha um novo capítulo com intervenção do inferno (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Rivalidade entre Rei do Crime e Demolidor ganha um novo capítulo com intervenção do inferno (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Foto: Canaltech

A recém-publicada Giant-Size Daredevil #1 apresenta o novo status quo da relação entre Wilson Fisk e Matthew Murdock após o vilão reassumir o título de Rei do Crime após alguns anos afastado da vida criminosa. Durante a fase escrita pelo roteirista Chip Zdarsky, Fisk se transformou em prefeito de Nova York e apenas agora volta a comandar suas operações ilegais.

Só que ele não vem sozinho. O que a nova revista revela é que Fisk foi possuído por um demônio que também quer acabar com a vida do Demolidor. Assim, o criminoso que era apenas terrivelmente forte e muito inteligente passará a contar com habilidades especiais, incluindo uma resistência inumana e uma brutalidade mais do que demoníaca. 

O demônio atrás do diabo

A reviravolta do retorno do Rei do Crime é consequência de toda essa fase escrita por Zdarsky, que deixou os roteiros de Demolidor em 2023. Ainda assim, os eventos que ele apresentou seguem reverberando nas histórias agora assinadas por Saladin Ahmed.

Rei do Crime está muito mais violento sob o controle do demônio Ganância (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Rei do Crime está muito mais violento sob o controle do demônio Ganância (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Foto: Canaltech

Exemplo disso é essa participação de entidades sobrenaturais na Cozinha do Inferno. No final do arco A Saga do Punho Vermelho, o Homem Sem Medo vai até o inferno para enfrentar a Besta do Tentáculo e dá um jeito de escapar de lá graças ao poder de sua fé. O problema é que, ao que tudo indica, os demônios não ficaram nada felizes com essa sua fuga.

Assim, o que Giant-Size Daredevil #1 revela é que um desses seres demoníacos, apresentado aqui como Ganância — Greed, no original —, se aliou ao Rei do Crime para poder acabar com Matt Murdock, dando a Wilson Fisk habilidades que ele nunca teve em seis décadas de histórias.

Na trilha do Rei do Crime

A história não deixa claro como essa parceria entre o vilão e o demônio começou, algo que deve ser explorado nas próximas edições da revista Daredevil e ser parte central da fase de Ahmed à frente do personagem. Contudo, é claro que o vilão já aparece muito mais poderoso.

Na trama, Fisk elabora um novo plano para atrair o Demolidor. Fugindo de seu modus operandi clássico, ele decide sujar as próprias mãos e vai às ruas da Cozinha do Inferno para matar criminosos, criando uma espécie de trilha de sangue que leve o Homem Sem Medo até ele. 

Fisk é atacado por uma rajada laser, mas sai ileso do ataque que deveria tê-lo matado (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Fisk é atacado por uma rajada laser, mas sai ileso do ataque que deveria tê-lo matado (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Foto: Canaltech

E é aí que vemos os novos poderes do Rei do Crime. Além de ele chegar literalmente arrebentando paredes, o mafioso careca se mostra muito mais violento e brutal do que o costume, chegando a esmagar cabeças com as próprias mãos.

Vale lembrar que, no passado, Fisk já foi para a ação algumas vezes, mas nunca desta maneira. Ele já socou rivais até a morte e chegou a esmagar a cabeça de alguns capangas, mas sem apresentar essa aparente superforça de agora.

Isso porque o vilão parece não ter o controle de suas próprias ações. Em determinado ponto da revista, é revelado que é o demônio quem está controlando seu corpo e suas ações e que, no fundo, o próprio Rei do Crime não sabe se voltará a ter domínio de si, já que a entidade parece estar sempre sedenta por mais sangue. Ainda assim, é algo que ele considera uma troca justa pela derrota do Demolidor. 

Além disso, novos poderes dão muito mais força ao vilão, que já era muito poderoso (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Além disso, novos poderes dão muito mais força ao vilão, que já era muito poderoso (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Foto: Canaltech

Só que essa força demoníaca não é o único poder que o careca recebeu do inferno. Nas páginas finais de Giant-Size Daredevil #1, o veículo em que Fisk está é atacado por um criminoso rival com uma armadura que surge para matá-lo. Contudo, quando ele dispara com um canhão laser sobre Fisk, vê que a rajada não causa nenhum dano no submundo do crime, mostrando que a possessão também o tornou praticamente invulnerável.

Exorcismo a caminho

Um detalhe curioso é que a revista dá uma dica muito valiosa sobre como essa história deve se desenrolar ao longo das próximas edições. Ao que tudo indica, os novos poderes do Rei do Crime vão durar mais algum tempo, mas pode ser que isso mexa de forma bastante significativa na forma como Fisk encara o Demolidor.

O Rei do Crime já começa a se questionar se vender sua alma para um demônio foi mesmo uma boa ideia (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
O Rei do Crime já começa a se questionar se vender sua alma para um demônio foi mesmo uma boa ideia (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)
Foto: Canaltech

A edição deixa bem claro que não há nada no mundo mais valioso para o vilão do que derrotar Matt Murdock, tanto que ele não pensou duas vezes em fazer um pacto com o demônio para isso, abrindo mão de seu livre arbítrio e do controle do próprio corpo para acabar com seu nêmesis. Só que, ao mesmo tempo, ele começa a ponderar algumas preocupações sobre sua existência.

Nas páginas finais, Wilson Fisk demonstra um leve receio sobre o futuro de sua alma. Afinal, o que vai acontecer quando ele finalmente derrotar o Demolidor? Diante da incerteza, ele cogita que o Homem Sem Medo pode ser, no fim das contas, sua única salvação diante desse pacto infernal.

Essa não seria a primeira vez que Murdock ajudaria o Rei do Crime. Ao longo de mais de seis décadas de histórias, os dois inimigos jurados já tiveram que deixar as diferenças de lado por objetivos em comum e, em mais de uma ocasião, Murdock salvou a vida do homem que desgraçou a sua. Por isso, não seria estranho ver isso se repetir aqui.

O detalhe é que, na fase atual escrita por Saladin Ahmed, Murdock deixou a advocacia de lado e passa a atuar como padre. Assim, essa provável reviravolta na sua relação com Wilson Fisk pode passar pelo herói salvando a alma de seu arqui-inimigo.

O demônio já atuou outras vezes

Embora o Demolidor seja um herói essencialmente urbano, lidando com a criminalidade do dia a dia da Cozinha do Inferno, as temáticas sobrenaturais não são incomuns em suas histórias. A Marvel já colocou o herói diante de figuras infernais desde meados da década de 1980, aproveitando a dicotomia de sua fé católica com o traje de demônio para brincar com as convicções do Homem Sem Medo.

Em uma das passagens mais emblemáticas dessa relação conturbada com o outro lado do mistério está a saga Terra das Sombras, na qual Murdock acaba sendo possuído pela Besta do Tentáculo e levando o terror para as ruas de Nova York.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade