PUBLICIDADE

Recurso do Xbox e Windows 11 para acelerar jogos chegará ao Windows 10

Antes exclusivo dos Xbox Series X|S e Windows 11, DirectStorage vai funcionar em PCs com Windows 10 na versão 1909 ou superior

20 jul 2021 13h58
ver comentários
Publicidade

No anúncio do Windows 11, em junho, a Microsoft revelou que o novo sistema operacional terá suporte a DirectStorage para acelerar o carregamento de jogos. Porém, no lançamento da primeira prévia da API para desenvolvedores, na última sexta-feira (16), a empresa confirmou que o recurso também vai funcionar em PCs com Windows 10 na versão 1909 ou superior.

DirectStorage promete diminuir tempos de carregamento em jogos no Windows
DirectStorage promete diminuir tempos de carregamento em jogos no Windows
Foto: Divulgação/Microsoft / Tecnoblog

O DirectStorage estreou nos consoles Xbox Series X|S como parte da "Xbox Velocity Architecture". Com a tecnologia, os jogos podem renderizar modelos em 3D e mapas completos diretamente pela placa de vídeo, aliviando a carga de trabalho do processador e reduzindo bastante os tempos de carregamento.

Nos PCs, o recurso seria exclusivo do Windows 11, mas a Microsoft decidiu levar o DirectStorage ao Windows 10. Assim, os usuários que quiserem usar a ferramenta não serão mais obrigados a mudarem o sistema operacional. Em vez disso, eles só vão precisar manter o Windows 10 atualizado e contar com alguns componentes específicos na máquina.

Para usar o DirectStorage tanto no Windows 11 quanto no 10 será preciso instalar os jogos em um SSD NVMe de 1 TB ou maior e ter uma placa de vídeo compatível com DirectX 12 Ultimate e o driver "Standard NVM Express Controller". A Microsoft ainda não comentou se o Auto HDR também será incluído em outras versões do sistema.

Windows 11 terá DirectStorage mais otimizado

Por mais que o DirectStorage seja lançado para as duas versões do sistema operacional, a Microsoft menciona que o Windows 11 será mais otimizado e poderá aproveitar ao máximo o recurso. A empresa, no entanto, não disse quão grande deve ser a diferença de desempenho em relação ao Windows 10.

Vale mencionar que, além do usuário precisar de um SSD NVMe compatível com o DirectStorage, os jogos também deverão ser atualizados para usarem o recurso. Os games que receberem o patch com a nova API vão continuar rodando em máquinas mais antigas equipadas somente com HDs sem problemas.

Com informações: XDA, Arstechnica.

Recurso do Xbox e Windows 11 para acelerar jogos chegará ao Windows 10

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade