PUBLICIDADE

Quem é o novo CEO de PlayStation após a saída de Jim Ryan?

Hiroki Totoki, diretor financeiro da Sony, assume o lugar de Jim Ryan por um ano, liderando a divisão de PlayStation até empresa encontrar novo CEO

2 abr 2024 - 13h12
(atualizado às 17h42)
Compartilhar
Exibir comentários

A última sexta-feira (29) foi também a despedida de Jim Ryan do cargo de CEO de PlayStation. O executivo encerra uma carreira de três décadas dentro da Sony e estava à frente da divisão de jogos desde 2019; ele parte agora para a aposentadoria e pretende passar um tempo com a família. Enquanto isso, a empresa japonesa permanece com um diretor interino, até achar uma pessoa que assumirá o cargo definitivo.

Foto: Reprodução/Sony, Recruit Holdings / Canaltech
Após quase três décadas de trabalho na Sony e à frente de PlayStation desde 2019, Jim Ryan deixa empresa para se aposentar (Imagem: Reprodução/Sony)
Após quase três décadas de trabalho na Sony e à frente de PlayStation desde 2019, Jim Ryan deixa empresa para se aposentar (Imagem: Reprodução/Sony)
Foto: Canaltech

Esse papel de transição ficou nas mãos de Hiroki Totoki, atual diretor financeiro (CFO) e gerente de operações (COO) da Sony. Ele assume o controle direto da divisão de PlayStation por pelo menos um ano e seguirá trabalhando de forma integrada com o CEO da própria Sony, Kenichiro Yoshida. Nas palavras da empresa, a dupla também ajudará a definir o futuro da marca de jogos da empresa. @

O anúncio de que ele assumiria o cargo até então ocupado por Ryan foi feito em setembro do ano passado, quando o então CEO também revelou que se aposentaria. Apesar do trio de funções, Totoki parece estar dando atenção especial à divisão de PlayStation, passando os últimos meses visitando estúdios ao redor do mundo e estreitando laços com desenvolvedores parceiros.

Ao mesmo tempo, ele também assume a empresa em um momento complexo não só para a marca, mas também para o mercado de games. Totoki vira CEO enquanto a Sony ainda lida com os reflexos do fechamento de estúdios e da demissão de 900 pessoas, anunciada em fevereiro deste ano.

É, também, um momento de contrastes, com os boatos apontando a iminente chegada do PS5 Pro, versão mais potente do console da marca, e problemas nas vendas do PSVR2, que não teria a performance esperada pela empresa. Ao mesmo tempo, sua chegada também acompanha certo entusiasmo dos fãs que, há tempos, estavam desagradados com a gestão de Ryan e, principalmente, seu foco em jogos de serviço.

Quem é Hiroki Totoki, o novo CEO de PlayStation?

Hiroki Totoki construiu praticamente toda sua carreira na empresa japonesa. Ele foi contratado pela Sony em abril de 1987 e se tornou executivo em fevereiro de 2002; na ocasião, ele foi um dos responsáveis pelo lançamento do Sony Bank — sim, um banco. A instituição financeira foi uma das primeiras a funcionar inteiramente online no Japão e, até hoje, é líder no mercado de fintechs do país.

Hiroki Totoki está na Sony desde 1987 e tem experiência em setores financeiros da empresa; ele assume a divisão de PlayStation como CEO interino (Imagem: Divulgação/Recruit Holdings)
Hiroki Totoki está na Sony desde 1987 e tem experiência em setores financeiros da empresa; ele assume a divisão de PlayStation como CEO interino (Imagem: Divulgação/Recruit Holdings)
Foto: Canaltech

Ele permaneceu por anos na posição, escalando na estrutura de serviços financeiros da companhia, até passar para o setor de tecnologia, primeiro como CFO da So-Net, o braço de fornecimento de serviços de comunicação da empresa. Ele permaneceu neste cargo até 2018, enquanto acumulava outras funções dentro da corporação.

Uma delas foi a reformulação do braço de celulares da Sony, em 2014 e ainda nos primeiros anos da guerra dos smartphones. Ainda que o negócio não esteja lá muito bem das pernas até hoje, o trabalho foi considerado bem-sucedido e ele seguiu escalando a estrutura interna da Sony, se tornando vice-presidente executivo e CFO em 2018.

Como esse breve currículo aponta, boa parte da experiência de Totoki existiu no setor financeiro, justamente um dos pontos principais para qualquer empresa de games da atualidade. Encontrar o balanço entre os custos cada vez mais altos de desenvolvimento de jogos e tecnologia, no encontro com um mercado que vem sendo citado pelas fabricantes como perto da saturação, deve ser seu principal dilema no momento.

Enquanto lidera a divisão de PlayStation pelo próximo ano, Totoki também vai manter suas posições de diretor financeiro e de operações da Sony. Fora da empresa, ele também é um dos diretores da Recruit Holdings, empresa de recursos humanos com atuação internacional e dona do site Glassdoor, que opera de forma independente.

Trending no Canaltech:

Canaltech
Compartilhar
Publicidade
Publicidade