PUBLICIDADE

Quais são as chances do Brasil no mundial de Free Fire

FFWS 2022 Sentosa começa neste sábado (14); Vivo Keyd disputa fase classificatória

13 mai 2022 11h47
ver comentários
Publicidade
Mundial de Free Fire começa no dia 14 de maio, em Sentosa
Mundial de Free Fire começa no dia 14 de maio, em Sentosa
Foto: Divulgação / Garena

Disputado em Sentosa, uma ilha resort localizada em Singapura, o Free Fire World Series 2022 começa neste sábado, a partir das 10h da manhã, e tem duas equipes brasileiras na disputa: LOUD e Vivo Keyd.

Não é de hoje que o Brasil é uma das maiores forças mundiais no Free Fire. Em 2019, o Corinthians de Nobru conquistou o título da primeira edição do World Series, disputada no Rio de Janeiro, e colocou o país no mapa internacional. Já na edição de 2021, disputada em Singapura, a LOUD ficou com o vice-campeonato e o Fluxo com a quarta colocação. 

Os resultados recentes falam por si. Mas e em 2022, quais as chances nacionais na maior competição anual da modalidade? 

Vivo Keyd

Vivo Keyd vem de três temporadas incríveis e sonha com mundial
Vivo Keyd vem de três temporadas incríveis e sonha com mundial
Foto: Divulgação / Garena

Os Guerreiros vêm de três temporadas louváveis na Liga Brasileira de Free Fire, e só não representaram o país em um mundial graças ao cancelamento da última edição devido à pandemia de Covid-19. Campeões da quinta temporada da LBFF com domínio absoluto, a Vivo Keyd manteve o elenco titular e o alto nível para chegar a dois vice-campeonatos consecutivos nas temporadas seguintes.

Mas neste ano as coisas não foram tão simples. De favoritos à quase decepção, a equipe começou a sétima temporada com o pé direito, mas terminou a fase classificatória ameaçada e se classificou para a Grande Final apenas na 12ª colocação. 

Contudo, a experiência pesou em uma decisão presencial. Depois de um começo tímido na disputa pelo título, a Vivo Keyd garantiu três Booyahs e, com duas últimas quedas praticamente irretocáveis, pulou da oitava para a segunda colocação. O título não veio, mas o passaporte para Sentosa estava carimbado.

Agora, os Guerreiros chegam como um dos favoritos à uma das quatro vagas para a final do mundial. É fato que há outras equipes fortes na disputa, como a Attack All Around, da Tailândia, e a ECHO Esports, da Indonésia, mas a vaga deve vir com certa tranquilidade. Em caso de classificação, a tarefa será um pouco mais ingrata, e eles precisarão entrar nos servidores inspirados para superar a LOUD e EVOS Phoenix, grandes favoritas ao título.

LOUD

LOUD foi a campeã da sétima temporada da LBFF
LOUD foi a campeã da sétima temporada da LBFF
Foto: Divulgação / Garena

A LOUD fez o caminho inverso na última temporada da Liga Brasileira de Free Fire. Depois de um começo contestável, em que não conseguiu encaixar bons desempenhos e chegou a ficar de fora da zona de classificação por algumas rodadas, as coisas mudaram.

Donos absolutos da segunda metade da temporada, a Equipe do Hype reencontrou seu estilo de jogo e foi além, saindo da 15ª para a quarta colocação e dando vida ao sonho do título.

Já na decisão, eles não abriram margem para erros: dois Booyahs e, acima de tudo, consistência. A LOUD chegou na última queda do dia com as duas mãos na taça e, com folga, garantiu o título que ainda faltava na estante e a passagem para Sentosa.

Experiente em mundiais e em competições presenciais, a equipe chega como uma das únicas capazes de desbancar a EVOS Phoenix, que impressionou o mundo em 2021 com um desempenho surreal e conquistou o FFWS 2021 Singapura. A tarefa não será fácil, mas as chances são boas.

A etapa classificatória do FFWS 2022 Sentosa acontece neste sábado, dia 14 de maio, a partir das 10h. A final acontece na próxima semana, dia 21 de maio.

Free Fire é gratuito e está disponível para dispositivos Android e iOS.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade