PUBLICIDADE

PS5 deve ter problemas de estoque até 2022, diz Sony

PS5 deve ter problemas de estoque até 2022, segundo relatório interno da Sony

10 mai 2021 10h53
| atualizado às 11h29
ver comentários
Publicidade

Contrariando previsão anterior, a Sony informou a um grupo de analistas que o PS5 deve ter problemas de estoque ainda ao longo de 2021 e também em 2022, de acordo com o Bloomberg. Anteriormente a empresa havia dito, publicamente, que o estoque do console deveria ser normalizado no segundo semestre deste ano.

Quer um PS5? O estoque ainda vai demorar...
Quer um PS5? O estoque ainda vai demorar...
Foto: André Leonardo / Tecnoblog / Tecnoblog

No relatório obtido pelo Bloomberg, a Sony comemora que 7,8 milhões de unidades foram vendidas até 31 de março, desde o lançamento em novembro de 2020. A empresa diz ainda que o objetivo é dobrar a meta, alcançando 14,8 milhões de consoles até o final do atual ano fiscal - que termina em 31 de março de 2022.

Porém, no mesmo relatório, a Sony diz que a meta pode não ser alcançada tão facilmente, já que a empresa alega dificuldade para suprir a demanda. Isso envolve uma série de fatores: desde a baixa na fabricação de chips e placas por conta da pandemia da COVID-19 ao desafio de logística imposto por medidas de isolamento social, entre outros.

PS5 vive com estoque esgotado

No momento em que este texto é produzido, não é possível comprar um PS5 nas maiores lojas do Brasil, pois todas estão sem estoque. Quando surge uma nova leva de consoles, ela é esgotada rapidamente e sem previsão de reposição. Isso acontece no nosso país e também no resto do mundo, desde o lançamento.

Quem consegue vender, o mercado cinza, já foi capaz de quase triplicar o preço do PS5 em alguns casos, fazendo o console custar quase R$ 12 mil.

Vale lembrar que o problema também atinge o Xbox Series X, principal concorrente do aparelho da Sony.

Com informações: Bloomberg.

PS5 deve ter problemas de estoque até 2022, diz Sony

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade