PUBLICIDADE

Mulheres na Twitch não ganham mais dinheiro que homens, vazamento comprova

Entre os 100 streamers da Twitch que mais ganham dinheiro no mundo, há apenas três mulheres, e somente uma delas não é branca

7 out 2021 19h53
| atualizado em 13/10/2021 às 00h41
ver comentários
Publicidade

O vazamento de dados da Twitch no 4chan serviu para quebrar o estigma de que mulheres estariam "roubando" audiência e dinheiro dos homens em lives. Na verdade, isso está longe da realidade. Dos 100 streamers mais bem pagos da plataforma, somente três são mulheres. Esse mesmo padrão se repete entre os criadores brasileiros, com apenas cinco mulheres no top 100.

Pokimane é, entre as mulheres, a streamer mais bem paga da Twitch
Pokimane é, entre as mulheres, a streamer mais bem paga da Twitch
Foto: Reprodução/YouTube Pokimane / Tecnoblog

Na última quarta-feira (7), um hacker anônimo roubou cerca de 128 GB em informações e códigos fonte da Twitch. Entre os dados vazados estavam relatórios de ganhos de cerca de 10 mil streamers nos últimos três anos — entre agosto de 2019 e setembro de 2021. Essas planilhas foram obtidas por alguns usuários e sites, que começaram a compartilhar recortes dos perfis pela internet.

Em posts no Twitter, o usuário @KnowS0mething compartilhou diversas planilhas com os ganhos dos 100 maiores streamers em todo o mundo. Em primeiro lugar, temos o canal Critical Role — grupo focado em lives de mesas de RPG — ganhando mais de US$ 9 milhões. Depois, a lista segue apenas com homens, incluindo xQc, summit1g, Tfue e até o brasileiro Gaules, com seus US$ 2,8 milhões arrecadados.

?ref_src=twsrc%5Etfw">October 6, 2021

A primeira mulher da lista, a streamer de Valorant Pokimane, aparece somente em 39º lugar — ou seja, antes dela há 38 homens, de grande maioria branca. Em seguida, no top 100 também estão mais duas mulheres: a cosplayer Amouranth, em 48º lugar, e a DJ e animadora Sintica, em 71º.

A realidade é a mesma entre streamers brasileiros

Se considerarmos apenas os streamers brasileiros, os resultados são bem parecidos. Em um recorte feito pelo Núcleo, foram selecionados os 77 criadores de conteúdo de língua portuguesa com mais seguidores. Entre essas pessoas, somente cinco são mulheres.

Além disso, o Núcleo confirmou que as mulheres ganham menos dinheiro por seguidor do que os homens. Usando os dados vazados da Twitch, a reportagem concluiu que, em média, homens recebem US$ 0,27 por seguidor. Já as mulheres faturam cerca de 40% a menos: US$ 0,16.

Você não precisa temer as mulheres, mas sim apoiá-las

Todos esses dados provam que nenhum homem está sendo roubado ou ficando para trás por culpa das mulheres, ao contrário do que muitos gamers gostam de afirmar.

Além de serem marginalizadas pelo machismo estrutural, as streamers não recebem qualquer apoio da Twitch, que costuma recomendar apenas canais gigantes enquanto ignora criadoras de conteúdo de todos os tamanhos.

Antes de acusar as streamers de usarem seus corpos para chamar atenção e ganhar dinheiro, ou criticar o crescimento de lives em piscinas e banheiras, vale a pena lembrar: mulheres podem produzir todos os tipos de conteúdo, e todos devem ser respeitados. Já a audiência das suas lives é de sua responsabilidade. Se elas não crescem, a culpa não é das mulheres.

Com informações: Kotaku, Núcleo.

Mulheres na Twitch não ganham mais dinheiro que homens, vazamento comprova

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade