PUBLICIDADE

Mascote virtual Tamagotchi será relançado em formato de relógio

Tamagotchi retorna como relógio, mas por enquanto apenas no Japão, comemorando 25 anos da marca

17 jun 2021 18h20
ver comentários
Publicidade

O Tamagotchi vai voltar mais uma vez, mas agora em formato de relógio inteligente. A produtora Bandai resolveu comemorar os 25 anos da marca com o lançamento, que chega em novembro por US$ 60, em dois modelos, mas por enquanto apenas no Japão.

Tamagotchi retorna como relógio
Tamagotchi retorna como relógio
Foto: Divulgação/Bandai / Tecnoblog

A nova forma do clássico "pet virtual" vem com várias novidades que vão além de ser simplesmente um relógio. Agora será possível, por exemplo, usar comandos de voz para interagir com o bichinho, além de controle a partir da tela sensível ao toque. A voz permitirá acordar a criatura, mas só em termos de barulho - ele não reconhecerá comandos.

Cada modelo virá com um bichinho diferente, verde ou rosa, e também será possível comprar um cartão chamado TamaSma, em separado, que adiciona mais personagens e itens para o Tamagotchi usar como acessórios. O custo do card ainda não foi revelado.

Veja o trailer de apresentação, somente em japonês:

É claro que o acessório também terá funções básicas. Ele servirá como um relógio comum para ver as horas e terá contador de passos. Ao que parece também será possível ouvir música no dispositivo. Por enquanto, infelizmente, não há previsão para um lançamento internacional, mas não parece existir impedimentos de importação, já que o aparelho não depende de rede de celulares para funcionar - como ocorre com outros pets virtuais no Japão, atualmente.

A febre dos anos 90

O Tamagotchi — que combina a palavra japonesa "tamago" (ovo) com o inglês "watch" (de olhar). Ele começou no Japão em 1996, e chegou a mais países em 1997. Desde então, foram vendidas mais de 100 milhões de unidades.

Originalmente ele era um aparelho portátil, como um chaveiro, que mostrava a criatura nascendo, crescendo, se desenvolvendo e, em alguns casos, morrendo. O personagem foi febre também no Brasil, nos anos 90, e vendeu horrores tanto cópias oficiais quanto não-autorizadas.

Com informações: Engadget.

Mascote virtual Tamagotchi será relançado em formato de relógio

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade