PUBLICIDADE

Hackers de FIFA 22 driblam proteção e roubam dezenas de contas valiosas

Criminosos usam engenharia social para obter dados de FIFA 22 de cerca de 50 pessoas importantes, como jogadores profissionais de futebol e donos de páginas de comércio

12 jan 2022 13h35
ver comentários
Publicidade

A Electronic Arts informou, em um comunicado oficial, que hackers conseguiram driblar medidas de proteção pessoais, como autenticação de dois fatores, e roubaram cerca de 50 contas valiosas de FIFA 22. Entre as pessoas que tiveram os perfis invadidos estão jogadores profissionais de futebol, donos de páginas de comércio e outros indivíduos influentes.

FIFA 22
FIFA 22
Foto: Divulgação/Electronic Arts / Tecnoblog

Segundo a EA, os hackers recorreram a ameaças e obtiveram as credenciais dos usuários por meio de engenharia social — técnica de manipulação que explora o erro humano para obter informações privadas, acessos ou objetos de valor. Os criminosos ainda foram capazes de burlar a autenticação de dois fatores das 50 contas invadidas.

No comunicado, a Electronic Arts prometeu identificar os donos originais das contas para devolver o acesso, incluindo todo o conteúdo que havia no perfil até o momento do ataque hacker. Segundo a empresa, os times de segurança também estão trabalhando para examinar pedidos de mudança de senha com endereços de e-mail suspeitos.

Para que o episódio não se repita no futuro, a produtora garantiu que vai implementar algumas mudanças internas na empresa. A partir de agora, todos os funcionários responsáveis pelo controle das Contas EA deverá passar por um treinamento focado em práticas de segurança, que vai ensinar como agir em casos de phishing.

Enquanto isso, para verificar a identidade do jogador com mais precisão, os donos das Contas EA irão precisar preencher campos adicionais na hora de alterar qualquer informação da conta. Já o software de experiência do cliente será atualizado para identificar atividades suspeitas, reduzindo as chances de erro humano.

Contas de FIFA 22 roubadas são bastate valiosas

Entre as contas de FIFA 22 roubadas estavam perfis de jogadores profissionais de futebol, como o atleta francês Valentin Rosier, e páginas de comércio do jogo, tipo a FUT Donkey. Esses usuários têm duas coisas em comum que atraem criminosos: o fato de terem gastado muito dinheiro real no game e possuírem itens valiosos.

Há ainda relatos nas redes sociais de pessoas não famosas que também tiveram suas contas invadidas. Por isso, o número real de usuários afetados deve ser bem maior que 50. Até o momento, a Eletronic Arts não confirmou se teve algum vazamento de dados ou problemas de segurança internos na empresa.

Com informações: BleepingComputer.

Hackers de FIFA 22 driblam proteção e roubam dezenas de contas valiosas

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade