PUBLICIDADE

Game Boy será ultrapassado pelo Switch nos consoles mais vendidos?

Aproximando-se do Game Boy, o Switch possui 107,65 milhões de unidades vendidas; segundo relatório financeiro da BigN (Q4 FY 2021, findo em mar 22).

10 mai 2022 07h40
| atualizado às 23h31
ver comentários
Publicidade

A dona do Switch e Game Boy acaba de divulgar nesta terça-feira (10/05) o desempenho financeiro do quarto trimestre fiscal de 2021 (Q4 FY 2021), período que compreendeu os meses de janeiro a março do ano civil de 2022. Nas vendas de consoles, o híbrido aproxima-se cada vez mais do clássico portátil Game Boy. O relatório financeiro do Q4 FY 2021 aponta que a empresa teve os seguintes números:

Game Boy clássico (sim, sei que esse é o GBA SP) é o próximo console da Nintendo que o Switch deverá ultrapassar (
Game Boy clássico (sim, sei que esse é o GBA SP) é o próximo console da Nintendo que o Switch deverá ultrapassar (
Foto: C. Emanuel B. Laguna / Meio Bit
RELATÓRIO FINANCEIRO DA NINTENDO
Período → Q4 FY 2020
(janeiro a março de 2021)
Q4 FY 2021
(janeiro a março de 2022)
Diferença
Receita ¥ 354,45 bilhões
(US$ 3,2 bilhões)
¥ 375,13 bilhões
(US$ 3,08 bilhões)
+ 5,83%
(em ienes)
Lucro bruto ¥ 201,66 bilhões
(US$ 1,82 bilhão)
¥ 212,01 bilhões
(US$ 1,74 bilhão)
+ 5,13%
(em ienes)
Lucro operacional ¥ 119,53 bilhões
(US$ 1,08 bilhão)
¥ 120,21 bilhões
(US$ 986,69 milhões)
+ 0,56%
(em ienes)

Normalmente, o primeiro trimestre civil é o pior período de vendas do ano. Entre janeiro e março de 2022, a BigN viu seu lucro operacional ficar basicamente estável em ienes; enquanto isso, o lucro bruto e receita em ienes subiram mais de 5% em relação ao Q4 FY 2020. Quanto ao ano fiscal de 2021, que compreendeu o período de abril de 2021 a março de 2022, a Nintendo apresentou os seguintes números:

RELATÓRIO FINANCEIRO DA NINTENDO (ACUMULADO)
Período → FY 2020
(abril de 2020 a
março de 2021)
FY 2021
(abril de 2021 a
março de 2022)
Diferença
Receita ¥ 1,76 trilhão
(US$ 15,89 bilhões)
¥ 1,69 trilhão
(US$ 13,92 bilhões)
- 3,61%
Lucro bruto ¥ 970,47 bilhões
(US$ 8,77 bilhões)
¥ 946,04 bilhões
(US$ 7,77 bilhões)
- 2,52%
Lucro operacional ¥ 640,63 bilhões
(US$ 5,79 bilhões)
¥ 592,76 bilhões
(US$ 4,87 bilhões)
- 7,47%

Traduzindo a tabela: como foi o ano fiscal de 2021 para a Nintendo? Estável, com pequenas quedas, em especial nos lucros. Como o câmbio médio do iene no FY 2021 foi de ¥ 121,83 / US$ 1, os investidores e acionistas da gigante japonesa estão chorando por causa da recente desvalorização da moeda.

No ano fiscal de 2021 (abril de 2021 a março de 2022), as vendas digitais responderam por 42,6%; arrecadando ¥ 359,6 bilhões. Representaram um crescimento de 4,5% sobre a arrecadação do ano fiscal de 2020.

Nintendo Switch se aproxima da base instalada global do GB
Nintendo Switch se aproxima da base instalada global do GB
Foto: Nintendo / Meio Bit

Entre os meses de janeiro e março de 2022, o Switch vendeu 4,11 milhões de unidades pelo mundo civilizado. Uma média de 1,37 milhões de unidades mensais. Lembrando que no mesmo período de 2021 o console híbrido vendeu 4,73 milhões de unidades. Queda de 13,1%.

Desses 4,11 milhões de consoles vendidos, o Switch Lite vendeu 530 mil unidades no Q4 FY 2021. Queda de 55,08% em relação ao mesmo período de 2021. A culpa é do estreante Switch OLED, que já vendeu um total de 5,8 milhões de unidades, sendo 1,81 milhão apenas no primeiro trimestre de 2022.

Como a Nintendo confirmou a venda mundial de 103,54 milhões de consoles até dezembro de 2021, somando tudo tivemos, até o primeiro trimestre do ano civil de 2022, uma base instalada de 107,65 milhões de consoles Nintendo Switch sendo deles 18,4 milhões de unidades do Switch Lite.

Em 61 meses de vendas, o console híbrido já figura no retrovisor do PS4 (117,2 mi unid) e Game Boy (118,69 mi unid), tendo ultrapassado o console de mesa mais bem sucedido da empresa, o Wii (101,63 mi unid) e o concorrente do N64, o PS1 (102,49 mi unid) no trimestre anterior (Q3 FY 2021).

Segundo o relatório financeiro, a Nintendo espera chegar aos 128 milhões de consoles Switch vendidos no ano fiscal de 2022, que vai de abril de 2022 a março de 2023. Em tese, dá para ultrapassar tanto o PS4 quanto o GB. Isso se a empresa não anunciar um sucessor.

Ao comentar os resultados financeiros da empresa, o presidente da Nintendo Shuntaro Furukawa foi evasivo sobre um novo console sucessor do Switch sendo lançado ainda no ano fiscal de 2022. Isso quer dizer que vai aumentar os rumores pois começa a ser possível que haja algum anúncio ou mesmo lançamento de um Switch 2 até março de 2023. Se ainda estamos no meio da crise de semicondutores que pode impedir ou atrasar tal esperado lançamento, aí é outra história…

Enfim, na receita geral da empresa, além dos milhões de assinantes do Nintendo Switch Online, o que mais importa é a venda dos softwares exclusivos. Vejamos o seguinte ranking geral dos jogos da Nintendo no Switch (vendidos até o dia 31 de março de 2022):

  1. Mario Kart 8 Deluxe — 45,33 milhões de cópias;
  2. Animal Crossing: New Horizons — 38,64 milhões de cópias;
  3. Super Smash Bros. Ultimate — 28,17 milhões de cópias;
  4. The Legend of Zelda: Breath of the Wild — 26,55 milhões de cópias;
  5. Pokémon Shield / Pokémon Sword — 24,27 milhões de cópias;
  6. Super Mario Odyssey — 23,50 milhões de cópias;
  7. Super Mario Party — 17,78 milhões de cópias;
  8. Pokémon Shining Pearl / Brilliant Diamond — 14,65 milhões de cópias;
  9. Pokémon Let's Go, Pikachu! / Pokémon Let's Go, Eevee! — 14,53 milhões de cópias;
  10. Ring Fit Adventure — 14,09 milhões de cópias.

O console híbrido já conta com 39 games que superaram o milhão de cópias vendidas, sendo 26 deles da própria Nintendo. Podemos pegar como exemplo o Kirby and the Forgotten Land, que vendeu de facto 2,1 milhões de cópias apenas na semana e meia de vendas contabilizada no período e já soma 2,65 milhões de cópias incluindo as enviadas às lojas até o dia 31 de março.

Outro bom exemplo é Metroid Dread, que já vendeu 2,9 milhões de cópias e ultrapassou Metroid Prime (2,84 mi cópias) como o jogo mais vendido da franquia Metroid. Para ter uma ideia de como os Metroid são encarados pela Nintendo como game de nicho, esses números são basicamente um décimo do mais recente Zelda.

Com as 28,24 milhões de cópias vendidas, incluindo a versão original do Wii U, The Legend of Zelda: Breath of the Wild já vendeu mais que todos os outros games tridimensionais da franquia The Legend of Zelda (27,91 mi cópias) somados, excluindo relançamentos e remasters. Os lançamentos originais de Ocarina of Time (7,6 mi) no N64 e Twilight Princess (7,53 mi) no Wii completam o Top 3 de vendas dos Zelda 3D.

Só a franquia Pokémon vendeu mais de 30 milhões de cópias entre abril de 2021 e março de 2022. Pokémon Legends: Arceus foi responsável sozinho por 12,64 milhões dessas cópias. Pokémon Shining Pearl / Brilliant Diamond se tornam os remakes de Pokémon que mais venderam!

Segundo a Nintendo, o Switch receberá Bayonetta 3 ainda em 2022, assim como Advance Wars 1+2: Re-Boot Camp. Resta saber quando a japonesa anunciará a data de lançamento de tais jogos.

Fontes: Gematsu, NeoGAF, ResetEra e Venture Beat.

Leia também:

  • PS1 e Wii são ultrapassados pelo Switch nos consoles mais vendidos

Game Boy será ultrapassado pelo Switch nos consoles mais vendidos?

Meio Bit
Publicidade
Publicidade