PUBLICIDADE

Forza Horizon 5: pé no acelerador e aproveite a viagem [Preview]

Jogo de corrida te levará a diversas paisagens do México num mapa cheio de atividades, controles fluidos e um belo visual

11 out 2021 13h47
| atualizado às 13h53
ver comentários
Publicidade
Forza Horizon 5
Forza Horizon 5
Foto: Divulgação/Xbox Game Studios / Tecnoblog

Forza Horizon 5 transportará o jogador para as estradas do México, num visual bem colorido, festivo e, até certo ponto, variado. Prepare-se para correr durante tempestades de areia no deserto, na neve, à beira de abismos e mais. O game estará disponível no lançamento, dia 9 de novembro, no Xbox Games Pass para Xbox Series X/S, Xbox One e PC (Windows). O Tecnoblog testou uma prévia do jogo, no Series S, e você confere nossas primeiras impressões.

O título traz opções de acessibilidade, nova escolha de gênero neutro (além de feminino e masculino) e também legendas, menus e dublagem em português do Brasil. Nesta prévia, testamos o modo single player e tivemos acesso ao mapa aberto, uma lista de carros e opções de personalização deles.    

Abertura cinematográfica

Assim como no game anterior da série, Forza Horizon 5 já começa mostrando ao jogador a que veio. O prólogo, podemos assim dizer, inicia ao melhor estilo Velozes e Furiosos e você, já dentro do carro, cai de paraquedas de um avião para já encarar a primeira sequência de pistas.

Cada segmento, que faz a transição entre um veículo e outro (todos ejetados do cargueiro de um avião) te leva para diferentes ambientes, com condições de tempo e terreno distintas e - por consequência - diferentes tipos de carros.

Forza Horizon 5
Forza Horizon 5
Foto: Divulgação/Xbox Game Studios / Tecnoblog

A intenção dessa abertura cinematográfica é clara: dar uma noção inicial ao jogador da sensação de pilotar os variados tipos de carros disponíveis e quais tipos de terrenos eles seriam melhor aproveitados: pistas lisas e cimentadas? Pise fundo nos carros rebaixados e mais velozes; terreno acidentado e de terra? Jogue com caminhonetes; e por aí vai.

É uma introdução bem energética ao game e a música dá o tom especial para cada transição de veículo/terreno. No entanto, a narração é um pouco infantil - às vezes. Mas sinceramente? Isso pouco incomoda, já que seus olhos estarão bem mais vidrados na corrida e no visual que Forza Horizon 5 tem a oferecer. 

Inclusive, falando de visual…

Jogo é lindo, mesmo no Series S

Como disse no início deste preview, os testes do Forza Horizon 5 foram feitos no Series S e o game está bem bonito e rodou sem travamentos, mesmo no console "mais fraco" da nova geração do Xbox. Isso me leva a crer que no Series X ou mesmo no PC, com qualidade gráfica alta, deve estar deslumbrante. 

Vale destacar que o título traz opções de modos gráficos para escolher, de acordo com a sua preferência. Você pode optar por qualidade ou desempenho. A diferença principal fica na taxa de quadros por segundo: em qualidade, são 30 FPS (porque o ganho maior é no visual); e em desempenho são 60 FPS.

Forza Horizon 5 no Series S e em modo desempenho
Forza Horizon 5 no Series S e em modo desempenho
Foto: Reprodução/Vivi Werneck / Tecnoblog

Independentemente da sua escolha, tanto os cenários em torno das pistas, quanto o uso de luzes e partículas (especialmente em terrenos mais áridos para demonstrar a poeira) foram bem aplicados e fazem o jogador realmente "sentir" que está em um novo ambiente.  

Derrapou e bateu numa mureta de tijolos? Você vai atravessá-la com tijolos, pedras e tudo. O que gostei da física do jogo é a ideia de que se o seu carro estiver numa velocidade x e a mureta de contenção não for muito resistente, é possível carregar tudo pelo caminho num derrapagem que não deu muito certo, por exemplo.

Nessa hora, são tijolos, cercas de madeiras ou mesmo pedaços de árvores voando para todos os lados. São detalhes, mas muito bem vindos para complementar o visual e dar um ar de realismo um pouco maior. Até porque ninguém merece mais paredes invisíveis, sem fundamento lógico, em pleno 2021.

Gameplay sem freio e fluido

O estilo de gameplay da série Forza Horizon é mais voltado para o arcade e menos para a simulação (apesar de ter pezinho nessa mecânica também - se você quiser). Se tiver jogado o título anterior, não terá problema algum para se adaptar. Mesmo se for um novato na série, acredito que também não haverá problemas.

Forza Horizon 5 no Series S e em modo desempenho
Forza Horizon 5 no Series S e em modo desempenho
Foto: Reprodução/Vivi Werneck / Tecnoblog

Os controles são bem fluidos e te desafiam de acordo com cada modalidade e tipo de carro. Para quem já está acostumado com jogos de corrida, nenhuma novidade neste quesito. Horizon 5 traz, ainda, uma espécie de "facilitador" para caso cometa algum erro. Por exemplo, fez uma curva aberta demais? Bateu na mureta e foi ultrapassado? Caiu da ponte?! É só apertar Y, no controle, e retroceder até um ponto anterior ao erro. 

Isso, ao menos no single player, é um bom recurso para não perder aquela nota perfeita só porque fez uma curva errada bem no final da corrida. Já no multiplayer, que não estava disponível para testes neste preview, não sei como isso pode funcionar sem "quebrar" a ideia de competição entre jogadores.

Apenas pincelando algo que observei sobre o multiplayer, mesmo não estando ativo, é que antes de iniciar algumas corridas é possível selecionar se você quer participar delas em modo solo vs IA, co-op, PvP (jogador contra jogador) e Rivais. Vamos ver, no lançamento, como esses modos vão se comportar.

E por falar em notas, todas as atividades que você faz em Forza Horizon 5 te rendem Pontos de Façanhas. E oportunidades não faltarão para você ganhar esses pontos. Além das corridas, que fazem parte da campanha principal, existem missões secundárias e atividades extras (como exploração, tirar fotos e etc) espalhadas pelo mapa.

Forza Horizon 5 no Series S
Forza Horizon 5 no Series S
Foto: Reprodução/Vivi Werneck / Tecnoblog

Você ganha pontos mesmo se não vencer alguns eventos. Seu XP vai acumulando, para a pontuação final, de acordo com derrapagens perfeitas e outras manobras bem executadas ao longo da corrida, por exemplo. Isso ajuda a não frustrar tanto jogadores menos experientes com games de corrida já no início, que às vezes ficam travados e não conseguem progredir, logo de cara, por não conseguirem estar sempre no primeiro lugar.

Ah sim, é possível explorar o mapa de Horizon entre corridas também. Você não precisa, necessariamente, emendar uma corrida na outra. Inclusive, super recomendo usar o modo "free roam", ou vagar livremente, do jogo. Lembra daqueles radares de velocidade de alguns Need for Speed? Então, você os encontrará aqui também e se passar por eles, na maior velocidade possível, faz com que receba uma pontuação por isso. Há atividades que você só encontra explorando.

E por que juntar Pontos de Façanha? Conforme aumentar esse medidor, você poderá desbloquear novos capítulos da aventura Horizon. Demais pontos que conseguir, vencendo corridas e completando desafios, também irão liberar upgrades para seus carros e até mesmo para seu personagem.

Sim, é possível personalizar seu avatar no jogo, mas já adianto que nem de longe é o ponto alto do game. As opções de customização são limitadas e seu personagem, mesmo com roupinhas da moda e até próteses para os braços e pernas (ponto positivo para inclusão), parece mais um boneco de cera falante. Felizmente, as estrelas são mesmo os carros e, estes sim, estão lindos.

Forza Horizon 5
Forza Horizon 5
Foto: Divulgação/Xbox Game Studios / Tecnoblog

Está se sentindo ousado(a) e dono(a) das estradas? Ainda no modo free roam, é possível desafiar outro carro para um "pega" apenas passando próximo ao outro veículo e apertando o botão de desafio. Se vencer, são mais pontinhos preciosos que se ganha.

Com o tempo, você vai começar a favoritar alguns carros de acordo com o estilo que mais gosta. Eu, por exemplo, no modo free roam prefiro carros que tenham um bom drift. É legal entrar nas curvas com derrapagens e fazer uns pontos de estilo de quebra.

Carros tunados e outros prêmios

Se quiser uma experiência ainda mais personalizada, é possível tunar seus carros. Mas já adianto que precisará ter, ao menos, alguma noção disso para não desbalancear seu veículo totalmente. Se optar por se aventurar nesse tipo de customização, você poderá aprimorar o desempenho do seu carro, por exemplo, ajustando a pressão dos pneus, as marchas, configurações de alinhamento das rodas, de suspensão, freios, sustentação negativa e diferencial, e por aí vai.

Além dessa parte mais avançada, conforme avançar na campanha e acumular pontos, também é possível desbloquear novos sons de buzinas (até mesmo aquelas engraçadinhas e musicais) e outros efeitos sonoros. Vale destacar que progredir nas corridas também fará com que você consiga pontos para investir nas habilidades únicas que cada carro pode ter. Sim, seu veículo tem skill tree e é simples de entender, felizmente.

Forza Horizon 5 no Series S
Forza Horizon 5 no Series S
Foto: Reprodução/Vivi Werneck / Tecnoblog

Indo para o Menu Horizon, dá para participar de sorteios conforme subir de nível. Os prêmios, que são aleatórios ao girar uma roleta, vão desde mais XP até novos carros e itens cosméticos. Não esqueça de visitar essas loterias sempre que tiver a oportunidade.

Forza Horizon 5 merece um test drive

Se você jogou e curtiu o game anterior, Forza Horizon 5 certamente merece seu "test drive". É novo na franquia? Então dê uma chance. O jogo continua lindo visualmente (tirando os bonecos de cera dos personagens humanos), traz gameplay fluido, mais opções de customização e mapa bem extenso e cheio de atividades, mesmo em modo livre de exploração.

Infelizmente, não foi possível testar o multiplayer, mas ao menos pelo que percebi do single player, o game está bem acabado e, dado a quantidade de atividades disponíveis, ou já deve estar finalizado ou bem próximo disso. Minha única ressalva, e acho que devem consertar isso até o lançamento, é na sincronização das falas com os personagens. Por duas vezes o sync da boca dos bonecos de cera com as vozes estavam completamente perdidos.

Tirando isso, os carros estão visualmente lindos e a escolha do México como o país sede da vez trouxe um belo colorido a um game de corrida que já tem a premissa de ser bem festivo. O mapa também ajuda bastante para definir os caminhos a tomar e quais missões priorizar. Você é livre para escolher o que fazer e quando quiser. Agora é só esperar novembro para pisar fundo!

Forza Horizon 5: pé no acelerador e aproveite a viagem [Preview]

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade