PUBLICIDADE

Blizzard compra o estúdio de Spellbreak; battle royale fechará servidores

Empresa confirmou a compra do estúdio de Boston enquanto aguarda o fim da transação de sua própria aquisição pela Microsoft

29 jun 2022 - 17h12
Ver comentários
Publicidade

A Blizzard anunciou que adquiriu o estúdio americano Proletariat, responsável pelo battle royale Spellbreak, por um valor não divulgado. Assim, a equipe de 100 profissionais passará a trabalhar sob a bandeira da casa, especificamente no jogo World of Warcraft. Essa é a primeira vez em 15 anos que a empresa faz uma compra desse tipo, aumentando o seu time e os esforços em seu mais consagrado título.

Spellbreak traz magia às partidas
Spellbreak traz magia às partidas
Foto: Divulgação / Proletariat / Tecnoblog

Divulgado pelo site Venture Beat, a aquisição foi feita para ter mais nomes trabalhando no MMORPG e sua próxima expansão: Dragonflight. Ou seja, os proletariados do estúdio não estão sendo contratados para criar um novo jogo ou IP (ao menos por enquanto), mas sim para garantir que as metas de tempo e qualidade sejam batidas a longo prazo.

Mike Ybarra, presidente da Blizzard Entertainment, citou a compra em uma declaração oficial:

Estamos colocando os jogadores na vanguarda de tudo o que fazemos e estamos trabalhando duro para atender e superar as expectativas. Uma parte crítica de cuidar dos jogadores é cuidar de nossas equipes — garantir que tenhamos recursos para produzir experiências que nossas comunidades amarão, dando às nossas equipes espaço para explorar oportunidades ainda mais criativas dentro de seus projetos. O Proletariat é perfeito para apoiar a nossa missão em trazer conteúdo de alta qualidade para nossos jogadores com mais frequência.

Não podemos esquecer que a Activision Blizzard tem vivido polêmicas e acusações constantes. O caso é extenso, com relatos de ambiente tóxico e formas distintas de assédios. Contudo, mesmo com tantos problemas, o CEO Bobby Kotick foi reeleito para seu cargo recentemente.

Resta sabermos se os novos funcionários vão chegar dentro do ambiente complicado ou se vão ser parte do processo de renovação e melhorias internas da companhia.

Spellbreak vai ser fechado nos próximos meses

Junto do anúncio da compra, o estúdio Proletariat comunicou que vai encerrar o desenvolvimento e fechar os servidores de Spellbreak no início de 2023. Lançado em 2020 para consoles e PCs, o jogo juntou uma base leal de fãs no início de sua trajetória.

No entanto, muitos jogadores abandonaram as disputas nos últimos meses. Os dados do site Steam Charts mostram que apenas 136 pessoas participaram de alguma jogatina nas últimas 24 horas. Um número pequeno para um título que precisa de muitos usuários simultâneos para completar uma partida.

Pensando nisso, a venda para a Blizzard pode ter vindo em um bom momento para o estúdio americano com sede em Boston. Mesmo assim, haverá aqueles que ficarão chateados com o encerramento do game.

Você joga Spellbreak? Vai sentir falta desse battle royale?

Blizzard compra o estúdio de Spellbreak; battle royale fechará servidores

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade