PUBLICIDADE

A cronologia de God of War; entenda a ordem dos jogos

A cronologia de God of War não é linear em relação aos lançamentos dos jogos. Confira as conexões entre as histórias de todos os jogos

23 jan 2022 14h02
ver comentários
Publicidade

God of War é uma das franquias mais importantes da Sony. Desde o momento em que o "Bom de Guerra" chegou ao PlayStation 2 em 2005, a série se tornou um sucesso e recebeu muitas sequências que expandiram seu universo. Entretanto, nem todos os games seguem uma ordem direta. Conheça a cronologia de God of War e saiba mais sobre o universo da série.

God of War
God of War
Foto: Divulgação/ PlayStation / Tecnoblog

A cronologia de God of War

  • God of War Ascension 
  • God of War: Chains of Olympus
  • God of War
  • God of War: Ghost of Sparta
  • God of War II 
  • God of War III 
  • God of War
  • God of War Ragnarok 

Importante: o texto contém spoilers dos jogos.

God of War Ascension 

Ano de lançamento: 2013

Plataforma: PS3

God of War Ascension
God of War Ascension
Foto: Reprodução/ PlayStation / Tecnoblog

God of War Ascension apesar de ser um último título lançado para o PlayStation 3 pode ser considerado o primeiro jogo na cronologia.

O título conta a história de como Kratos quebrou seu juramento com Ares, o Deus da Guerra original. Durante a trama, Kratos descobre que a única forma de acabar com seu laço com Ares é derrotar as três Fúrias: Megera, Tisífone e Alecto. 

Kratos tem a mente manipulada pelas Fúrias algumas vezes, mas consegue sair vitorioso graças a uma ajuda de Orkos, o filho das Fúrias.

Infelizmente para Orkos, as Fúrias usaram seu corpo como selo para juramento entre Ares e Kratos. No fim, Kratos precisa matar a única divindade que tentou ajudá-lo de forma verdadeira. 

God of War Ascension é um jogo que não acrescenta informações importantes para a franquia. Entretanto, apresenta algumas mudanças na jogabilidade como a manipulação do tempo e também a implementação de um modo multiplayer online em que o jogador assume o controle de um campeão dos deuses. 

Esse também foi o último jogo em que Terence Carlson deu voz a Kratos. 

God of War: Chains of Olympus

Ano de lançamento: 2008

Plataformas: PS3, PSP e PS Vita

Foto: Tecnoblog

Lançado para PSP e depois portado para PS3, God of War: Chains of Olympus apresenta fatos anteriores ao primeiro título da série. 

O jogo começa com Kratos procurando por Hélio, o deus sol para evitar que a névoa negra de Morfeu mantivesse o mundo inteiro em um sono profundo. 

Kratos vai até o submundo e chega aos Campos Elíseos, onde as almas puras podem descansar. Kratos abdica de seus poderes para ficar no local com sua filha Calíope. 

Após abrir mão dos poderes, Kratos descobre que tudo era um plano de Perséfone, a esposa de Hades cujo objetivo era soltar o titã Atlas, fazendo com ele não segurasse mais o Monte Olimpo e no processo matasse a todos, incluindo a própria Perséfone e as almas presentes nos Elíseos. 

Kratos luta contra Perséfone e prende Atlas novamente. Apesar do acontecido, ele decide continuar servindo aos deuses para tentar se livrar de seus pesadelos algum dia. 

God of War

Ano de lançamento: 2005

Plataformas: PS2, PS3, PSP e PS Vita

God of War
God of War
Foto: Reprodução/ PlayStation / Tecnoblog

Toda história de Kratos começa em 2005 no game dirigido por David Jaffe. Boa parte de sua história é contada em flashback, com o protagonista saltando da montanha mais alta da Grécia e os fatos apresentados se passando antes desse momento, explicando a história, motivações do personagem e como fez seu pacto com Ares, após estar prestes a perder uma batalha contra os bárbaros do oeste. 

O ponto crucial da história é quando Kratos ataca uma cidade e após matar muitas pessoas em um templo, ele vê que as últimas vítimas são sua esposa e sua filha. O oráculo da cidade faz com que as cinzas da família de Kratos cubram sua pele, gerando o apelido de "Fantasma de Esparta".

No decorrer da história é visto que Ares colocou a família de Kratos no vilarejo para que Kratos perdesse qualquer vínculo com a humanidade e se tornasse o guerreiro perfeito.

Kratos descobre que na Caixa de Pandora existe um poder capaz de fazer um humano matar um deus. Após andar pelo deserto, escapar de todas armadilhas do Templo de Pandora ele obtém a Caixa, mas acaba sendo morto por Ares, indo parar no mundo dos mortos.

No fim do game, Kratos abre a Caixa de Pandora, consegue o poder necessário para derrotar Ares, mas, em contrapartida, libera os males pelo mundo, fazendo uma adaptação do que acontece na mitologia. Isso gera consequências no futuro da série.

Na última cena do game, Atena informa que com a morte de Ares, existe uma vaga disponível no Olimpo.

God of War: Ghost of Sparta

Ano de lançamento: 2010

Plataformas: PS3, PSP e PS Vita

God of War Ghost of Sparta
God of War Ghost of Sparta
Foto: Reprodução/ PlayStation / Tecnoblog

Produzido pela Ready at Dawn e lançado em 2010, God of War Ghost of Sparta conta uma história que se passa entre God of War e God of War II.

Esse game apresenta outra história ligada ao passado de Kratos e sua família. Dessa vez conhecemos a mãe do protagonista e também Deimos, seu irmão desaparecido.

Após receber a informação de um oráculo que o fim do Olimpo seria causado por um guerreiro com uma marca, Ares e Atena fazem uma visita ao mundo dos mortais e sequestram Deimos, enquanto ele era criança para evitar que a profecia se completasse.

Com a missão cumprida os deuses vão embora e deixam Deimos sob a tutela de Thanatos, o deus da morte para ser torturado pela eternidade.

Como podemos ver, Ares não é era um sujeito muito perceptivo, já que destruição do Olimpo, veio através do irmão que ele deixou livre.

No presente, Kratos vai até o templo de Poseidon em Atlântida, descobre que sua mãe ainda estava viva, mas no meio de uma conversa ela se torna um monstro e Kratos precisa abatê-la. Após a luta, o espartano descobre que Deimos está no reino de Thanatos. 

Deimos não perdoa Kratos por demorar tanto para resgatá-lo e os dois lutam. Kratos vence, os dois fazem as pazes e enfrentam Thanatos. Infelizmente Deimos morre no combate. 

O jogo termina com Kratos usando sua nova armadura e dizendo que os deuses pagarão pelo que fizeram com ele, isso faz uma conexão direta com os eventos de God of War II.

God of War II 

Ano de lançamento: 2007

Plataformas: PS2, PS3, PSP e PS Vita

God of War II
God of War II
Foto: Reprodução/ PlayStation / Tecnoblog

Após assumir o posto de Deus da Guerra, Kratos ataca cidades protegidas por outros deuses. Durante o ataque à cidade de Rhodes, Kratos perde seus poderes ao colocar toda sua energia na Lâmina do Olimpo, enviada por Zeus. 

Kratos é jogado ao submundo e salvo por Gaia, uma das titãs sobreviventes da grande guerra contra os deuses e os dois decidem fazer uma aliança.

O espartano vai ao encontro das Irmãs do Destino, responsáveis por controlarem o fluxo do tempo. Dessa forma, Kratos poderia voltar no tempo e evitar a traição de Zeus.

Durante a jornada, Kratos encontra Atlas novamente. O titã não queria cooperar, mas o ódio pelos deuses era maior que o ódio por Kratos e assim cede um pouco de seu poder ao espartano.

Kratos vence as Irmãs do Destino e consegue voltar no tempo para impedir que Zeus tome seus poderes. O espartano descobre que Zeus é seu pai e após vencer a batalha, Kratos volta no tempo mais uma vez. 

Desta vez, ele retorna até a grande guerra entre deuses e titãs, trazendo os titãs do passado como aliados em sua guerra contra os deuses, levando aos eventos de God of War III

God of War III 

Ano de lançamento: 2010

Plataformas: PS3, PS4 (Remaster) e PS5 ( Remaster via retrocompatibilide)

God of War III
God of War III
Foto: Reprodução/ PlayStation / Tecnoblog

God of War III começa com os titãs escalando o Monte Olimpo para enfrentar os deuses. Durante essa primeira batalha, Kratos mata Poseidon, o que gera um cataclismo com inúmeras inundações. 

Kratos vai parar no submundo, porém desta vez, para enfrentar Hades. Em certo ponto é possível ver o corpo de Perséfone, esposa de Hades e principal vilã em God of War: Chains of Olympus.

A lista de baixas no Olimpo aumenta: desta vez Hélio, Hermes, Hércules, Hefesto, Hera e Cronos entram no "Death Note" do guerreiro. Kratos está à procura de Pandora que seria a detentora do segredo para acabar com Zeus.

Zeus e Kratos lutam no interior do corpo de Gaia até que Kratos empala Zeus com sua espada junto ao coração de Gaia, matando ambos.

Após sua morte, Zeus volta em uma forma espiritual para acabar com Kratos. O espartano descobre que quando abriu a Caixa de Pandora pela primeira vez, além de libertar os males pelo mundo, ele também liberou o poder da esperança que ficou adormecido em seu corpo.

A grande virada acontece quando Kratos vence Zeus e Atena aparece, exigindo que o guerreiro ceda seu poder para que ela construa um novo mundo. Kratos se recusa, e ao perceber que se tratava de mais um plano dos deuses, decide tirar a própria vida para evitar que o pior acontecesse.

God of War

Ano de lançamento: 2018

Plataformas: PS4, PS5 e PC

God of War de 2018 fez um leve reboot na cronologia de God of War
God of War de 2018 fez um leve reboot na cronologia de God of War
Foto: Reprodução / Santa Monica Studio / Tecnoblog

God of War lançado para PlayStation 4 em 2018 funciona como um reboot e também como sequência. Agora, Kratos está em um contexto completamente novo na mitologia nórdica — até porque não sobrou muita gente no Olimpo — e, além disso, ele mantém todas as lembranças do que aconteceu na Grécia.

Kratos tenta viver pacificamente, longe dos fantasmas do passado. Após a morte de sua esposa, Kratos decide realizar seu último desejo e jogar suas cinzas do ponto mais alto dos nove reinos. Para isso ele precisa preparar o seu filho para uma longa jornada, porém um dia, eles são atacados inesperadamente por um homem misterioso que parecia não sentir dor. 

Atreus fica doente durante a viagem e os aliados falam que Kratos deve revelar ao seu filho que ele não é humano, mas sim um deus. Não ter conhecimento sobre essa condição agrava a doença do garoto.

Após derrotar Baldur e chegar a Jötunheim, Kratos e Atreus completam sua missão. Quando entram em um templo, encontram um mural em que os gigantes previram toda a jornada. Neste ponto também é descoberto que Faye, a mãe de Atreus, na verdade, era uma gigante que resolveu ficar no reino dos humanos. 

Assim descobrimos que Atreus não é apenas metade deus e metade humano, mas sim metade deus e metade gigante. Além disso, seu nome original seria Loki, antes de Kratos mudá-lo para homenagear um companheiro.

O jogo termina com um gancho de que Thor virá para confrontá-los. 

God of War Ragnarok 

Lançamento: 2022

Plataforma: PlayStation 5

God of War Ragnarok
God of War Ragnarok
Foto: Divulgação/ PlayStation / Tecnoblog

O jogo vai se passar três anos após os eventos de God of War, visto que o Fimbulwinter, o inverno nórdico que precede o Ragnarok chegou.

Resta aguardar para ver quais perigos aguardam os protagonistas e como esse capítulo vai encerrar a cronologia de God of War

Com informações: God of War Wiki, CBR, SVG

A cronologia de God of War; entenda a ordem dos jogos

Tecnoblog
Publicidade
Publicidade