PUBLICIDADE

Vôlei

VNL: Brasil derruba a Polônia, segue invicto e assume a liderança isolada

A Seleção feminina de vôlei colocou a invencibilidade em jogo na abertura da terceira semana da VNL diante da Polônia nessa quarta (12)

12 jun 2024 - 11h21
(atualizado às 13h27)
Compartilhar
Exibir comentários
Brasil encarou a Polônia na abertura da terceira semana da VNL
Brasil encarou a Polônia na abertura da terceira semana da VNL
Foto: Esporte News Mundo

Brasil e Polônia abriram a terceira semana da Liga das Nações (VNL) nessa quarta-feira (12) em um duelo de invictos pela liderança da competição. José Roberto Guimarães escalou um sexteto inicial com Roberta, Rosamaria, Gabi, Julia Bergmann, Thaísa, Carol e a líbero Nyeme. O saque fez a diferença e o Brasil conseguiu e anular as principais jogadoras do time polonês. Assim, as brasileiras aplicaram 3 a 1 de virada no rival, em parciais de 22/25, 25/17, 25/17 e 25/16 e assumiram a liderança isolada.

O Brasil começou jogando de forma coesa, sacando de forma encaixada e quebrando a recepção da Polônia. Assim, o time brasileiro conseguiu abriu vantagem controlando o jogo no ataque. Mas sem Ana Cristina, o Brasil viu o rendimento na virada de bola cair de aproveitamento na reta final da primeira parcial. Por sua vez, as polonesas equilibraram o jogo e controlaram o número de erros. Nesse embalo, as comandadas de Stefano Lavarini aplicaram 25 a 22 e saíram na frente no jogo: 1 a 0.

No segundo set, o Brasil abriu vantagem logo no começo da parcial com o saque encaixado e sem perder eficiência na virada de bola. Com o passe na mão, Roberta teve tranquilidade para distribuir as jogadas e confundir o bloqueio polonês. Sem as principais atacantes virando bola, o jogo da Polônia ficou prevísivel e errando mais, o Brasil controlou a parcial e aplicou 25 a 17 para empatar o jogo: 1 a 1.

O saque brasileiro foi crucial para a vitória no terceiro set. Com a recepção polonesa instável, o Brasil conseguiu abrir vantagem no início da parcial mas sofreu uma instabilidade no meio do set após o rival crescer no sistema defensivo. José Roberto mexeu de forma pontual e promoveu uma mudança simples de levantadora entre Roberta e Macris. A camisa 3 brasileira deu nova dinâmica para o jogo do time brasileiro, que voltou a dominar o jogo. Com vantagem, o Brasil aplicou 25 a 17 na terceira parcial e abriu 2 a 1 na partida.

Já no quarto set, José Roberto Guimarães manteve Macris de titular e o bloqueio brasileiro foi o ponto alto da parcial. Com saque encaixado, a virada de bola polonesa seguiu com eficiência baixa e as bloqueadoras do Brasil se destacaram na rede. Assim, o Brasil apenas administrou o jogo na virada de bola e com o sistema defensivo estável, fez 25 a 16 na parcial, fechou o jogo em 3 a 1 e assumiu a liderança isolada da VNL com 9 vitórias em 9 jogos.

Gabi foi a principal pontuadora do jogo com 24 acertos, seguida da polonesa Stysiak com 18. O próximo desafio do Brasil na VNL é diante da Alemanha, às 6h, dessa quinta-feira (13). Na sequência, as brasileiras encaram a Bulgária na sexta-feira (14), às 2h30min, e no domingo (16), às 6h, encerra a campanha na fase classificatória contra a Turquia.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade