1 evento ao vivo

Talita e Taiana avançam e Brasil terá 7 duplas em etapa do vôlei de praia

No masculino, André Stein e George foram eliminados no qualifying em Varsóvia

12 jun 2019
17h10
  • separator
  • 0
  • comentários

O Brasil terá sete duplas na fase de grupos da etapa de Varsóvia do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, na Polônia. A última parceria a se classificar foi a de Talita e Taiana, que venceram no qualifying nesta quarta-feira e entraram na disputa principal da etapa de nível quatro estrelas. No masculino, André Stein e George foram eliminados no quali.

Talita e Taiana só precisaram vencer um jogo para furar o quali e entrar na disputa principal da etapa. E derrotaram s japonesas Yurika Sakaguchi e Chiyo Suzuki por 2 sets a 0, com parciais de 21/12 e 21/13.

Taiana em ação no qualifying da etapa de Varsóvia
Taiana em ação no qualifying da etapa de Varsóvia
Foto: CBV/Divulgação / Estadão

"Jogamos bem, conseguimos controlar bem as ações. O time do Japão saca bem, tem muita agilidade e defende bastante. Assistimos ao jogo delas contra a Argentina, na primeira rodada do classificatório, para adotar uma estratégia correta. Nos concentramos muito na nossa virada de bola e deu certo", comentou Talita.

A dupla entrou no Grupo C, no qual vai estrear contra as suíças Betschart e Huberli nesta quinta. Depois, vão enfrentar as norte-americanas Alix Klineman e April Ross e as francesas Chamereau e Jupiter.

As brasileiras se juntam às compatriotas Ágatha e Duda, Ana Patrícia e Rebecca, Carolina Solberg e Maria Elisa, que já estavam garantidas na etapa.

No masculino, com a queda de André Stein e George no quali (para os suíços Haussener e Metral por 23/21 e 21/18), o Brasil terá apenas três duplas em Varsóvia. Alison/Álvaro Filho, Evandro/Bruno Schmidt e Pedro Solberg/Vitor Felipe já estavam assegurados na competição.

Nesta fase de grupos da etapa polonesa, 32 duplas estão divididas em oito chaves de quatro parcerias. O primeiro colocado de cada grupo avança direto às oitavas de final. As duplas que ficarem em segundo e terceiro lugar vão disputar uma eliminatória antes das oitavas, na repescagem. Na sequência, o mata-mata segue até a final e disputa do terceiro lugar.

A etapa tem importância extra para os jogadores do Brasil porque entra na corrida olímpica. Pelos critérios definidos pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), somente as etapas de nível quatro e cinco estrelas somam pontos na disputa.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade