0

Sesi-SP tem mais um desafio pela Libertadores, contra EMS Taubaté Funvic

13 nov 2018
13h42
atualizado às 15h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Em meio a duas competições, mais uma vez o time masculino de vôlei do Sesi-SP vira a chave e encara nesta quarta-feira (14), a terceira rodada da Copa Libertadores de Vôlei. Após retornarem de Ponta Grossa, onde venceram o Caramuru Vôlei pela Superliga Cimed, o grupo comandado pelo técnico Rubinho segue para o Vale do Paraíba. Os meninos da capital paulista enfrentam o EMS Taubaté Funvic, às 20h, no ginásio do Abaeté, na partida válida pela competição sul-americana.

"Tem sido muito bom esse momento de vários jogos em duas competições simultâneas. Está sendo bom para a construção da nossa equipe, tem pouco tempo que estamos com o grupo completo e isso faz a diferença. Não está fácil porque além dos jogos tem muita viagem, o que desgasta um pouco a equipe, mas no geral é bom para adquirir o entrosamento necessário para temporada. A gente já vê uma evolução, mas sabemos que ainda temos muito que trabalhar", comentou o ponteiro Renato.

Com uma vitória contra o Libertad e um revés para o UPCN, o Sesi-SP busca nesta quarta-feira equilibrar os resultados, já que o adversário soma duas vitórias contra os argentinos. "Estamos indo para Taubaté para um jogo importante pela Libertadores. A gente vem de uma vitória e uma derrota e eles vem de duas vitórias, então, para sequência deste campeonato, uma vitória seria muito importante. E é isso que vamos buscar. Nesta temporada já foram três jogos entre as duas equipes, temos muitas coisas para estudar, assim como eles, então estamos muito focados para chegar lá e fazer uma grande partida", explicou Renato.

Criado para ser um campeonato altamente competitivo, o torneio, uma iniciativa da Associação de Clubes da Liga Argentina de Vôlei (ACLAV) e da Associação de Clubes de Voleibol Brasileira (ACV), e aprovada pela Confederação Sul-Americana de Voleibol (CSV), conta nesta primeira edição com os quatro primeiros clubes ranqueados na última Superliga e os quatro melhores do voleibol argentino. Pelo Brasil participam Sada Cruzeiro, Sesi-SP, Sesc-RJ e EMS Taubaté Funvic, os representantes argentinos confirmados são UPCN, Bolivar, Ciudad Voley e Libertad.

Com confrontos internacionais de ida e volta e os duelos entre as equipes do mesmo país em jogo único, o Sesi-SP encerra nesta semana sua primeira fase na competição fora de casa. Em janeiro acontecem os jogos de volta, e na fase final, que acontece em fevereiro, os dois primeiros times de cada grupo se enfrentam em jogo único, em local a ser definido. A decisão também será em partida única.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade