0

Praia Clube vence São Caetano e fecha ano invicto na Superliga

22 dez 2017
22h51
atualizado às 22h56
  • separator
  • comentários

O Praia Clube se despediu do ano de 2017 com mais uma vitória na Superliga feminina. Na noite desta sexta-feira, a equipe mineira visitou o São Caetano e não teve dificuldades para confirmar o favoritismo e vencer por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/20 e 25/18.

Com o resultado, o time de Uberlândia manteve a liderança da Superliga e, de quebra, a invencibilidade no torneio nacional. Agora, as mineiras somam 13 vitórias em 13 jogos realizados. Já o São Caetano deixou a zona de classificação para os playoffs, e ocupa a nona posição, com seis vitórias em 13 jogos.

Jogando no ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul, as líderes da Superliga não tiveram dificuldades, mesmo fora de seus domínios. Apesar de enfrentar um adversário que tem no saque a principal arma, o Praia Clube soube se defender bem e ditar o ritmo de jogo.

A líbero Suelen, do Praia, foi eleita a melhor jogadora da partida, que durou 81 minutos. As experientes Fê Garay e Fabi também tiveram participações de destaque no jogo.

Osasco vence fora de casa - Quem também fecha o anos de 2017 com vitória é o Vôlei Nestlé/Osasco. A equipe paulista visitou o Valinhos, no interior do Estado, e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 28/26, 25/12 e 25/13.

A ponteira Ângela Leyva foi eleita a melhor jogadora da partida. Com o resultado, o time do técnico Luizomar de Moura alcançou a nona vitória em 13 jogos disputados. A equipe ocupa a terceira colocação, atrás apenas de Praia Clube (1º) e Sesc/Rio de Janeiro (2º).

Rio de Janeiro faz 3 a 0 no Barueri - Seguindo de olho na liderança da Superliga, o Sesc/Rio de Janeiro voltou a vencer na competição. Nesta sexta-feira, a equipe carioca visitou o Barueri, equipe do interior de São Paulo, e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 25/13, 25/19 e 25/18.

Com o resultado, as cariocas mantiveram a segunda colocação da Superliga, atrás apenas do Praia Clube. O Sesc/Rio de Janeiro tem 12 vitórias e apenas uma derrota na competição.

"A equipe treina bastante, mas precisamos vencer o psicológico. A equipe joga um pouco recuada, com medo. Temos treinado bastante, sabemos o que fazer, mas na hora do jogo dá esse apagão. Não é tático, nem técnico. Não desmerecendo o Rio, mas é trabalhar esse lado psicológico", disse Érika, responsável por 5 pontos do Barueri no jogo.

Confira outros resultados dos jogos desta sexta da Superliga:

Sesi 0 x 3 Brasília

Pinheiros 0 x 3 Minas

São Caetano 0 x 3 Praia Clube

Valinhos 0 x 3 Osasco

Barueri 0 x 3 Sesc/Rio de Janeiro

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade