PUBLICIDADE

'Dupla do futuro' espera se firmar entre os melhores na última etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia

Parceria formada por Guto e Arthur para brigar por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Paris 2024 já obteve bons resultados no cenário nacional e acredita em mais um pódio no Rio

16 jun 2021 16h27
ver comentários
Publicidade

Com quatro finais em sete etapas disputadas do Circuito Brasileiro 20/21, Guto e Arthur se estabeleceram como um dos principais times do vôlei de praia brasileiro em pouquíssimo tempo de projeto. Após firmarem a parceria em agosto de 2020, eles conquistaram a medalha de prata no primeiro torneiro da temporada, logo no mês seguinte. A partir daí, foram mais dois vices e um título. Retrospecto que traz uma expectativa positiva para a nona etapa da competição, que será disputada a partir desta quinta-feira, no Forte São João, na Urca, Rio de Janeiro.

Guto e Arthur firmaram parceria de olho no ciclo olímpico de Paris (Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)
Guto e Arthur firmaram parceria de olho no ciclo olímpico de Paris (Foto: Wander Roberto/Inovafoto/CBV)
Foto: Lance!

Mais experiente da dupla, o carioca Guto sabe que é importante manter bons resultados para dar mais confiança ao projeto de longo prazo. Apesar de que para ele e seu parceiro a corrida olímpica para Paris já começou e o Brasileiro faz parte do processo.

- A gente tem buscado muitas alternativas para mudar nosso jogo, para ter mais variações de bola e essa tem sido a nossa rotina. Estamos com um foco muito grande na gente mesmo, em fazer o nosso e melhorar nosso desempenho. Enquanto as duplas olímpicas estão focadas em Tóquio, nós estamos de olho em 2024 mesmo. Está longe, mas não é tão longe assim. O tempo passa rápido. Não viemos de resultados muito bons no Circuito Mundial, mas sabemos que isso faz parte do nosso crescimento. Não abalou nossa dupla, até porque temos muito para crescer - analisou Guto.

Grande promessa do vôlei de praia brasileiro, Arthur estreou no Circuito Mundial nesta temporada. Ao lado de Guto, disputou cinco etapas e conseguiu um quinto lugar em Cancun, no México. Apesar de não serem tão expressivos, os resultados no exterior trouxeram muitos pontos positivos para a disputa da última etapa do Brasileiro.

- Ter jogado o Mundial me deu confiança e ritmo. Estar perto dos melhores do mundo, ter jogado contra os melhores do mundo, me fez adquirir uma calma, mais tranquilidade para mostrar tudo o que estamos treinando - revelou Arthur.

Guto e Arthur estão muito perto de conquistar o segundo lugar geral da temporada, uma vez que André Stein e George (ES/PB) já serão campeões só de entrarem em quadra, na fase de grupos, nesta quinta. Para atingirem esse grande feito já nos primeiros meses de projeto, a 'dupla do futuro' precisa apenas passar da primeira fase. Com isso, passariam Alison e Álvaro Filho (ES/PB), que ocupam atualmente a segunda posição, mas não participarão da etapa por conta da preparação para as Olimpíadas.

- Temos trabalhado bem conscientes do que precisamos melhorar, tanto na parte de bola quanto na parte mental, muito importante na minha opinião. Chegaremos bem preparados para esta etapa, para poder brigar por mais um título e apresentar o melhor voleibol que pudermos. Confesso que nunca pensei no título da temporada, apesar de estarmos brigando com André e George, empatados, até a última etapa, quando o Guto foi diagnosticado com Covid-19 e não pode participar. Mas isso é consequência do nosso trabalho ao longo de todo o processo. Neste momento estamos buscando ainda uma identidade para o time, muito focados em trabalhar bastante e de olho em Paris 2024 - finalizou Jéssica Mesquita, treinadora da dupla.

Guto e Arthur estreiam na nona e última etapa do Circuito Brasileiro 20/21 nesta quinta, na fase de grupos, ainda sem adversários definidos. Nesta quarta (16.06), primeiro dia de competição, 20 parcerias estão jogando o qualifying e buscam as últimas vagas no torneio principal. A partir daí um sorteio define as chaves. As partidas serão transmitidas pelo site voleidepraiatv.cbv.com.br, pela página oficial da CBV no Facebook e pelo aplicativo da CBV. Semifinais e finais serão transmitidas pelo SporTV, no final de semana.

Lance!
Publicidade
Publicidade