0

Bruno e Éder querem ajudar Cimed a igualar recorde do Minas

30 abr 2010
18h57
atualizado às 19h47

A Cimed/Malwee (SC), desde que fundada, disputa todas as finais da Superliga de vôlei. Este ano, os catarinenses brigam pelo título pela quinta vez e o adversário é o Bonsucesso/Montes Claros (MG). A partida será realizada no próximo sábado, a partir das 9h30, no Ginásio Ibirapuera, em São Paulo. Os jogadores Bruno e Éder, que estão na Cimed desde o primeiro ano de existência da equipe, estão empolgados com a possibilidade de igualar ao recorde de quatro títulos do Vivo/Minas (MG) na Superliga.

Cimed pode conquistar o penta da Superliga
Cimed pode conquistar o penta da Superliga
Foto: Alexandre Arruda/CBV / Divulgação

"Se este título vier, será muito comemorado. Se ganharmos, entraremos para a história. Vai ser uma façanha", disse Bruno, melhor levantador das últimas quatro Superligas.

Para o atleta, o segredo do sucesso da equipe está no comprometimento de todos os profissionais que formam a Cimed. "Desde o início, este projeto contou com pessoas competentes e que nunca se acomodaram", contou o levantador da Seleção Brasileira.

Bruno ressaltou também a importânia dos torcedores no desempenho do time. "Os torcedores de Florianópolis sempre nos apoiaram. A cidade abraçou a equipe. E a união de pessoas sérias e competentes é uma das chaves do nosso bom rendimento ao longo desses anos", citou.

De acordo com Éder, a decisão desta temporada é mais especial por causa do equilíbrio da Superliga. "Foi um campeonato muito disputado. Tínhamos, no mínimo, oito equipes com condições de estar aqui hoje. Chegamos por méritos. Mais uma vez, fizemos a melhor campanha dentre tantas equipes fortes", lembrou.

Mesmo sendo a quinta final da Cimed e a primeira na história do Bonsucesso/Montes Claros (MG), Bruno acredita que o time não leva vantagem por causa deste aspecto. "Apesar de ser a nossa quinta final, a tensão sempre vai existir e o nervosismo também. Faz parte do jogo", complementou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade