0

Bruninho diz que força do grupo é a chave para boa campanha na Liga das Nações

Próximo jogo da seleção brasileira será contra a França e vai ser disputado na sexta-feira

26 jun 2019
19h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Líder da fase de classificação e muito perto de garantir uma vaga na fase final da Liga das Nações, a primeira competição nesta temporada, a seleção brasileira masculina de vôlei tem pela frente neste final de semana três jogos - contra França, Canadá e Itália, todos em Brasília - que prometem dificuldades. Para o levantador Bruninho, é a força da equipe, com os 14 convocados dando seu máximo em quadra, que faz com que o Brasil esteja em boa situação na competição.

"Mais uma vez estamos demonstramos ser um grupo não só dos titulares, mas um grupo muito homogêneo, com 14 jogadores que podem entrar, podem fazer a diferença e essa é a nossa força. Temos que saber utilizar isso neste fim de semana", disse Bruninho.

Bruninho, levantador da seleção brasileira
Bruninho, levantador da seleção brasileira
Foto: FIVB/Divulgação / Estadão

A primeira das três partidas pela quinta e última semana da fase de classificação da Liga das Nações será nesta sexta-feira, às 20 horas, no ginásio Nilson Nelson. Com 30 pontos - obtidos com 11 vitórias em 12 jogos -, o Brasil lidera juntamente com o Irã e só precisa de mais um ponto para garantir uma vaga na fase final, que será de 10 a 14 de julho, na cidade de Chicago, nos Estados Unidos.

Entusiasmado com o desempenho brasileiro, Bruninho espera por três boas partidas diante da torcida de Brasília, assim como aconteceu no final de semana passado em Cuiabá, no Mato Grosso, onde a seleção venceu Bulgária, Alemanha e Rússia.

"Chegamos aqui motivados depois de um fim de semana bom, com três vitórias em Cuiabá, e estamos animados para continuar essa série. Falta pouco para a nossa classificação e o mais importante é nos prepararmos bem. Temos que focar porque são três jogos com times que tem muito volume de jogo e isso é importante para a nossa preparação", afirmou o levantador.

O técnico Renan Dal Zotto também está animado com a chance que terá de fazer o time evoluir ainda mais. "Cada jogo é uma história, uma oportunidade nova para se colocar jovens talentos em ação, o que vem acontecendo em toda a competição, e isso tem sido muito proveitoso. Nossa intenção é a cada jogo melhorar e ganhar consistência como time", comentou.

Para os jogos em Brasília, Renan Dal Zotto conta com os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os opostos Alan e Rafael Araújo; os centrais Lucão, Maurício Souza, Isac e Flávio; os ponteiros Lucarelli, Leal, Douglas e Maurício Borges; e os líberos Thales e Maique.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade