0

Brasil avança com Ana Patrícia/Rebecca à semi em etapa chinesa do vôlei de praia

Dupla passa por norte-americanas Ross/Hughes, treinadas pelo ex-jogador brasileiro Loyola

27 abr 2019
16h05
  • separator
  • 0
  • comentários

O Brasil segue na disputa da etapa de Xiamen, na China, do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, que é de nível quatro estrelas e vale pontos para a classificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, no Japão. Das 10 duplas que iniciaram a fase de grupos - cinco femininas e cinco masculinas -, apenas Ana Patrícia/Rebecca passou às semifinais. Elas já haviam vencido a primeira etapa da temporada em Haia, na Holanda, e buscam o segundo ouro.

Na semifinal, Ana Patrícia e Rebecca encaram as norte-americanas Summer Ross e Sara Hughes, que são treinadas pelo ex-jogador brasileiro Loiola, campeão mundial em 1999. Os dois times já se enfrentaram três vezes na história - uma pela etapa chinesa de Yangzhou do Circuito Mundial de 2018 e duas pela etapa de Natal do Circuito Brasileiro, quando o time dos Estados Unidos participou como convidado. As brasileiras venceram os três confrontos.

Rebecca e Ana Patrícia comemoram ponto em vitória no Circuito Mundial de Vôlei de Praia.
Rebecca e Ana Patrícia comemoram ponto em vitória no Circuito Mundial de Vôlei de Praia.
Foto: Divulgação/FIVB / Estadão

Elas avançaram à semifinal ao superarem nas oitavas de final as chinesas Fan Wang e Xinyi Xia por 2 sets a 0 (21/15 e 21/18) e nas quartas de final as canadenses Heather Bansley e Brandie Wilkerson, também por 2 a 0 (21/19 e 21/17). Ana Patrícia comentou a importância do resultado para a dupla, que em Xiamen largou do qualifying e agora deve somar pontos para partir da fase de grupos nos próximos eventos.

"Estamos muito felizes porque essa vitória é muito importante para nós, por causa da disputa pela vaga nos próximos Jogos Olímpicos, vencer significa muito para nós. O jogo foi muito difícil. Sabíamos antes da partida que seria assim, pois as canadenses são muito fortes. Mas nós conseguimos jogar sempre unidas. As condições são bem diferentes por causa do clima, mas eu adoro jogar na China e isso é muito especial", disse Ana Patrícia.

Outras duas duplas que estavam no torneio acabaram se despedindo. Ágatha e Duda começaram bem, mas foram superadas nas oitavas de final de virada para as norte-americanas Alix Klineman e April Ross: 18/21, 21/18 e 15/12.

Talita e Taiana também deram adeus, mas na fase de quartas de final. Elas começaram o dia superando nas oitavas as chinesas Chen Xue e Xinxin Wang por 2 sets a 1 (21/13, 14/21 e 15/11). Horas depois, contra as checas Barbora Hermannova e Marketa Slukova, acabaram superadas por 2 a 0 (22/20 e 21/13).

MASCULINO

As duas duplas do Brasil que estavam na disputa no naipe masculino acabaram se despedindo do torneio na China. Alison e Álvaro Filho foram superados pelos russos Stoyanovskiy/Krasilnikov por 2 sets a 0 (21/15 e 21/18). Já André Stein e George acabaram superados pelos medalhistas olímpicos e campeões mundiais Brouwer/Meeuwsen, com parciais de 21/15 e 21/11.

Os dois times disputaram em Xiamen a primeira competição do Circuito Mundial juntos. Antes, Evandro/Bruno Schmidt e Pedro Solberg/Vitor Felipe haviam ficado na repescagem e Guto/Saymon, na fase de grupos.

A etapa de Xiamen é a primeira a contar pontos para a corrida olímpica brasileira no naipe feminino e a segunda do masculino, que já teve a disputa da etapa quatro estrelas de Doha, no Catar, em março.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade