0

Sport bate lanterna Vitória na Ilha do Retiro e entra no G4 da Série B

Em noite inspirada, atacante Guilherme marca duas vezes e time empata na pontuação com a Ponte Preta

8 jun 2019
23h28
atualizado às 23h28
  • separator
  • 0
  • comentários

Em um grande jogo, com direito a dois golaços, o Sport entrou no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Na Ilha do Retiro, no Recife, o time pernambucano alcançou o grupo dos quatro primeiros colocados ao derrotar o Vitória, por 3 a 1, neste sábado, pela sétima rodada. O destaque da partida foi o atacante Guilherme, autor de dois gols. Charles anotou o outro dos pernambucanos, enquanto Anselmo Ramon descontou para os baianos.

O Sport chegou aos 12 pontos, assim como a Ponte Preta. Os pernambucanos, contudo, ficam com o quarto lugar por terem um ataque mais positivo do que o rival (11 a 9). As equipes empatam também em número de vitórias (3) e saldo de gols (3). O Vitória caiu para a lanterna da Série B com apenas quatro pontos e um triunfo em sete jogos.

Um dos principais clássicos do Nordeste, Sport x Vitória honrou a tradição de sua rivalidade com um primeiro tempo movimentado, que terminou melhor para os donos da casa. O começo foi devagar, com o Sport tentando fazer pressão. Aos poucos, porém, o Vitória encontrou espaço para atacar e obrigou Maílson e fazer grande defesa aos 15 minutos para evitar a abertura do placar. Wesley invadiu a área, cortou Thyere e finalizou forte. Com os pés, o goleiro pernambucano mandou para escanteio.

Na esperteza de Sander, os donos da casa abriram o placar aos 20 minutos. Após cobrança de falta rápida do lateral, Sammir e Ezequiel tramaram boa jogada pela esquerda e a bola chegou para Guilherme, do outro lado, finalizar de esquerda e vencer Ronaldo. Em seguida, os pernambucanos tiveram outra boa chance de marcar. Em contra-ataque puxado pelo autor do gol, o ataque do Sport ficou em três contra um, mas acabou se enrolando com a bola e perdendo boa chance de ampliar.

A oportunidade desperdiçada abriu caminho para o empate baiano. Mais presente no campo de ataque, o Vitória deixou tudo igual aos 29 minutos com Anselmo Ramon. Ele aproveitou cruzamento rasteiro e finalizou forte, vencendo Maílson.

Os donos da casa pareciam ter sentido o empate, tanto é que passaram a errar mais no campo de ataque. Mesmo assim, Hernane usou toda sua qualidade para dar a vantagem no placar para o Sport antes do intervalo. Após erro na saída do Vitória, a bola chegou nos pés do centroavante, que deixou a bola para Charles em lindo toque de letra. O meio-campista não desperdiçou e marcou o segundo aos 40 minutos, finalizando a primeira etapa.

Precisando de um resultado melhor, o Vitória foi para cima do adversário no segundo tempo e quase empatou aos cinco minutos em finalização de Wesley. Maílson, novamente, precisou intervir para salvar o Sport. O jogo seguiu aberto após o intervalo.

Os donos da casa se seguravam bem na defesa, mas tiveram dificuldades para encaixar contra-ataques, o que fez com que o Vitória dominasse a partida no campo de ataque. Em uma das únicas oportunidades criadas pelos donos da casa em velocidade, Ronaldo apareceu duas vezes no mesmo lance, salvando finalizações de Sammir e Hernane. Na sequência, em novo contra-ataque, Guilherme ampliou. O meia-atacante recebeu na intermediária, ajeitou para a direita e acertou o ângulo de Ronaldo, marcando belo gol. Enquanto a torcida comemorava na arquibancada, o Sport ainda teve chance de ampliar com Hernane, mas o centroavante acabou mandando para fora.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira. O Sport faz confronto direto contra o CRB, às 21h30, novamente na Ilha do Retiro, no Recife, enquanto o Vitória visita o Oeste, na Arena Barueri, às 20h30.

FICHA TÉCNICA

SPORT 3 X 1 VITÓRIA

SPORT - Maílson; Norberto, Rafael Thyere, Cleberson e Sander; Charles, João Igor (Leandrinho) e Sammir (Ronaldo); Ezequiel (Hyuri), Hernane e Guilherme. Técnico - Guto Ferreira.

VITÓRIA - Ronaldo; Edvan, Zé Ivaldo, Everton Sena e Capa; Gabriel Bispo, Marciel (Felipe Gedoz); Wesley Dias e Ruy (Nickson); Anselmo Ramon e Ruan Potó (Ítalo). Técnico - Osmar Loss.

GOLS - Guilherme, aos 23, Anselmo Ramon, aos 29, e Charles, aos 40 minutos do primeiro tempo. Guilherme, aos 33 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinicius Furlan (SP).

CARTÕES AMARELOS - Charles (Sport); Edvan (Vitória).

RENDA - R$ 221.416,00.

PÚBLICO - 15.179 pagantes.

LOCAL - Ilha do Retiro, no Recife.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade