0
Logo do Vitória
Foto: terra

Vitória

Chapecoense respira e mantém Vitória em situação delicada

22 jul 2017
18h00
atualizado às 19h00
  • separator
  • comentários

Ameaçada pelo rebaixamento, a Chapecoense respirou na tabela do Campeonato Brasileiro durante a tarde deste sábado. No Estádio Barradão, o time catarinense ganhou do Vitória por 2 a 1, resultado que mantém a equipe baiana em situação delicada na tabela.

Com o triunfo alcançado em Salvador, a Chapecoense chega aos 21 pontos ganhos e dorme na nona colocação, fugindo da zona de rebaixamento, pelo menos temporariamente. O Vitória, por sua vez, segue com os mesmos 12 pontos e figura no penúltimo lugar.

Pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, em confronto programado para as 11 horas (de Brasília) do próximo domingo, a Chapecoense encara o lanterna Atlético-GO, na Arena Condá. Já o Vitória, às 19 horas do mesmo dia, pega o Cruzeiro, no Mineirão.

A Chapecoense contou com um vacilo do goleiro adversário para abrir o placar aos 27 minutos do primeiro tempo. Após recuo de cabeça de Geferson, Caíque deixou uma bola fácil escapar e cometeu pênalti sobre Seijas. Na cobrança, Reinaldo foi preciso e colocou o time catarinense em vantagem.

Em mais um pênalti marcado pelo juiz Marcelo de Lima Henrique, o Vitória chegou ao empate aos 16 minutos do segundo tempo. Na disputa entre Tréllez e Douglas Grolli dentro da área, a arbitragem viu toque no braço do zagueiro e assinalou a penalidade. Encarregado de bater, o atacante Neilton não desperdiçou a chance.

A reação do time mandante no Barradão durou pouco, já que a Chapecoense conseguiu retomar a vantagem no marcador aos 18 minutos da etapa complementar. Pouco depois de substituir Seijas, Lourency recebeu lançamento nas costas da zaga baiana e fuzilou o goleiro Caíque com um chute no alto.

Encarregado de suceder o técnico Alexandre Gallo na condição de interino, Flávio Tanajura mexeu no time e promoveu as três alterações que tinha direito, devidamente respondidas por Vinícius Eutrópio. A despeito das modificações, o placar permaneceu inalterado e favorável ao time catarinense.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 1 x 2 CHAPECOENSE

Local: Estádio do Barradão, em Salvador-BA

Data: 22 de julho de 2017, sábado

Hora: 16h (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (CBF-RJ)

Assistentes: Dibert Pedosa Moisés (CBF-RJ) e Michel Correia (CBF-RJ)

Cartões amarelos: Caíque (VIT); Apodi, Douglas Grolli, Reinaldo, Andrei Girotto, Moisés Ribeiro e Lourency

Gols:

VITÓRIA: Neilton, aos 16 minutos do 2º Tempo

CHAPECOENSE: Reinaldo, aos 27 minutos do 1º Tempo, e Lourency, aos 18 minutos do 2º Tempo

VITÓRIA: Caíque; Caique Sá, Kanu, Wallace Reis e Geferson (Patric); Uillian Correia (André Lima), Feilipe Souto, Yago e Carlos Eduardo (Jhemerson); Neilton e Trelléz

Técnico: Flávio Tanajura (interino)

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Victor Ramos, Douglas Grolli e Reinaldo; Andrei Girotto, Moisés Gaúcho (Moisés Ribeiro), Lucas Marques, Luiz Antônio (Wellington Paulista) e Seijas (Lourency); Arthur

Técnico: Vinícius Eutrópio

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade