0

Em primeiro clássico do ano, Vila Nova leva a melhor em cima do Goiás

21 jan 2018
19h23
atualizado às 19h42
  • separator
  • comentários

Depois de 13 anos sem receber o clássico entre Goiás e Vila Nova, o Estádio Olímpico, em Goiânia (GO), viu a decepção dos torcedores esmeraldinos, neste domingo, que acompanharam a derrota de sua equipe com o placar de 1 a 0. O Tigrão mostrou superioridade no segundo tempo da partida, válida pela segunda rodada do Campeonato Goiano, arriscando bons chutes na área adversária.

Depois de uma primeira parcial equilibrada, sem grandes surpresas de nenhum dos lados, os visitantes voltaram do intervalo atacando mais. Apesar de contar com boas defesas do goleiro Marcelo Rangel, Geovane conseguiu furar o bloqueio para marcar o único gol da partida aos 14 minutos do segundo tempo.

O Goiás começou a partida segurando a posse de bola e trocando passes em seu campo de defesa. Rafinha arriscou chute da entrada da área adversária, mas desperdiçou a chance de abrir o placar. Jogando com os laterais adiantados, os comandados por Sergio Soares mostraram superioridade no primeiro período.

Com sua equipe atacando pelo lado direito do campo, Rafinha voltou tentar, chutando a meia-lua. Ele não contava entretanto, com a bela defesa do goleiro rival, que não deu rebote. Aos 42 minutos do primeiro tempo, o Vila Nova mostrou bom futebol: Reis cruzou para Ramon, que desviou de direita e foi bloqueado, com defesa precisa de Marcelo Rangel.

Um lance polêmico aconteceu durante o acréscimo, de quatro minutos, no final do primeiro tempo. A bola bateu na mão de João Afonso dentro da área do Goiás, depois da cobrança de escanteio. Apesar da contestação dos atletas do Vila Nova, a partida seguiu. Antes do fim do primeiro tempo, o mandante deixou outra chance de ataque passar. Carlos Eduardo recebeu de Alex Silva e cruzou rasteiro dentro da área do Vila, mas ninguém apareceu para finalizar.

Depois do intervalo, o Vila Nova voltou se impondo mais em campo e arriscando chutes para o gol. Com oito minutos, Dudu encobriu a barreira, mas chutou por cima do gol e perdeu a oportunidade. O placar foi aberto seis minutos depois. Após bela troca de passes, Geovane tabelou com Reis e mandou uma bomba para canto direito de Marcelo Rangel para balançar a rede.

O lance foi seguido por outras duas tentativas alvirrubras. Na primeira, Dudu mandou a bola de longe e Marcelo Rangel colocou para escanteio. Logo em seguida, Reis cruzou e Fagner pegou de primeira dentro da área. A bola desviou e saiu pela linha de fundo.

Na busca pelo 16º título do Estadual, o Vila Nova não deu brechas para os rivais, que contou com o estreante Alex Silva. Reis, outra vez, mandou belo passe para Ramon, que saiu na cara do gol e viu a defesa do goleiro do Goiás, aos 36 minutos do segundo tempo. Aos 47, o Goiás se lançou ao ataque buscando empate, mas o Vila se fechou na defesa para selar 1 a 0.

Na terceira rodada, o Goiás entra em campo contra o Anápolis, na próxima quarta-feira, às 19h30, no Estádio Haile Pinheiro. O Vila Nova volta ao campo no mesmo dia, às 21h45, contra o Anapolina, longe de seus domínios.

Veja outros resultados da rodada do Campeonato Goiano:

Ipora 1 x 1 Anapolis

Anapolina 2 x 0 Itumbiara

Rio Verde 0 x 0 Aparecidense

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade