PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Venezuelana

Meu time

Apresentado no México, Maradona revela propostas para assumir Bolívia e Venezuela

11 set 2018 16h02
ver comentários
Publicidade

De casa nova, Diego Maradona foi apresentado oficialmente pelo Dorados de Sinaloa, do México. Além de muito feliz com seu atual momento, o qual definiu como o melhor de sua vida, o craque argentino revelou ter recebido duas propostas para assumir seleções sul-americanas antes de fechar com os mexicanos.

"Eu recebi convites da Argentina para dirigir grandes clubes, mas recusei. O Evo Morales (presidente da Bolívia) ofereceu a Bolívia e até mesmo o Maduro (Nicolás Maduro, presidente da Venezuela) me fez o convite de treinar a Venezuela, porém optei por não aceitar e manter a minha postura de treinar um clube", contou.

A relação entre Maradona e Maduro, inclusive, vem de longa data. El Pibe de Oro esteve com o presidente ao fim da campanha de sua reeleição no país e inclusive postou foto ao seu lado, exaltando e elogiando o mandatário e, consequentemente, a escolha do povo venezuelano.

Agora, o argentino terá uma dura missão de ajudar o Dorados de Sinaloa a se recuperar. A equipe é a antepenúltima colocada com apenas três pontos, já que ainda não venceu após seis rodadas. Isso, no entanto, não preocupa o mais novo comandante.

"Emocionalmente me sinto muito bem e considero que é o melhor momento da minha vida. Vamos trabalhar duro e dar aos jogadores a possibilidade de crescer, porém necessitamos que eles nos ajudem. Prometo um time que busca o ataque, pois não gosto de me defender", pontuou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade