0

Vasco terá o Oriente Petrolero como adversário na estreia da Copa Sul-Americana

Com isso, time carioca não precisará encarar as altas altitudes do país vizinho, já que a cidade do rival fica a 416 metros do nível do mar

29 dez 2019
15h17
atualizado às 15h17
  • separator
  • 0
  • comentários

Com o final do Campeonato Boliviano na noite de sábado, o Vasco conheceu quem será o seu adversário na primeira fase da Copa Sul-Americana. O rival será o Oriente Petrolero, o que faz com que o time carioca não tenha que encarar as altas altitudes do país vizinho. O clube é de Santa Cruz de la Sierra, que está a 416 metros do nível do mar, ou seja, praticamente nada.

O Oriente Petrolero terminou o campeonato nacional em oitavo lugar e vai enfrentar a equipe brasileira nos próximos dias 5, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, e 19 de fevereiro, no estádio Ramón Tahuichi Aguilera, que foi inaugurado em 1939 e tem capacidade para 35 mil torcedores.

Quatro vezes campeão nacional e com 18 participações na Copa Libertadores, o Oriente Petrolero não teve uma temporada boa e busca se reestruturar para não repetir os mesmos erros de 2019. Para isso, o presidente e ídolo Ronald Raldes vem fazendo uma série de contratações - foram 11 até agora.

Além do Oriente Petrolero, outros clubes da Bolívia conheceram os seus destinos nas competições da Conmebol. Na Libertadores, o campeão Jorge Wilstermann já sabia que está no Grupo C ao lado de Athletico-PR, Peñarol (Uruguai) e Colo-Colo (Chile); e o Bolívar caiu no Grupo B com Palmeiras, Tigre (Argentina) e mais um time que sairá das fases preliminares.

Esse time pode ser o San José, de Oruro, que jogará a primeira fase preliminar contra o Guaraní, do Paraguai. Quem passar pegará o Corinthians, mas ainda haverá uma terceira etapa antes da fase de grupos.

Outro clube boliviano nas fases preliminares da Libertadores é o The Strongest, de La Paz, que enfrentará o Atlético Tucumán, da Argentina, já na segunda etapa.

Na primeira fase da Sul-Americana, além do Oriente Petrolero, o Nacional de Potosí encara o Melgar, do Peru; o Blooming joga contra o Emelec, do Equador; e o Always Ready enfrenta o Millonarios, da Colômbia.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade