13 eventos ao vivo

Torres projeta parceria de sucesso com Cano. 'Vamos dar muita alegria ao Vasco'

Colombiano é o segundo reforço depois da chegada do técnico Ricardo Sá Pinto

29 out 2020
17h02
atualizado às 17h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Segundo reforço do técnico Ricardo Sá Pinto, o colombiano Gustavo Torres chegou empolgado ao Vasco. Apaixonado pelo futebol brasileiro "desde pequeno", ele se disse honrado com o acerto e pelo fato de agora jogar ao lado de Cano. Ambos travaram belos duelos na Colômbia.

O argentino, inclusive, fez questão de dar as boas-vindas ao novo companheiro. "Já nos enfrentamos muitas vezes na Colômbia porque ele estava no time rival da cidade", recordou o atacante. "Cano me recebeu bem e disse que eu serei feliz. Vamos dar muita alegria ao Vasco", projetou.

Depois de grande série de jogos sem ganhar e queda do G4 para a zona de rebaixamento do Brasileirão, o Vasco desencantou na Copa Sul-Americana frente o Caracas e agora tenta se reerguer na elite nacional. Com reforços pedidos por Sá Pinto, a confiança aumenta.

Mesmo apontado como homem-gol, Gustavo Torres garante não ter problemas em atuar pela beirada do campo para ajudar Cano a acabar com o jejum de gols. Ele não balança as redes adversárias faz dez rodadas.

"Sou um jogador que se movimenta em todo o setor de ataque, do lado esquerdo ou de nove", disse. "Ultimamente tenho me sentido melhor como nove, mas estou à disposição para atuar onde o time precisar. Chego com muito compromisso, para fazer muitos gols para o clube", afirmou Torres.

Gol é o que o torcedor vascaíno mais sente falta no momento. O time começou bem na volta do futebol pós-pandemia. Porém o rendimento despencou de maneira gigantesca e as vitórias sumiram. A esperança é que Torres incendeie o grupo com seu discurso contagiante.

"Para um jogador é bom estar onde estão os melhores. Sei que aqui já passaram vários jogadores, é um time grande e que conquistou coisas importantes. Lembro do Romário. Para um jogador como eu é importante", disse o atleta.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade