PUBLICIDADE
Logo do

Vasco

Favoritar Time

Quintero avalia diferenças entre Séries A e B e exalta campanha do Vasco: 'Clube referência'

Apoio a cada partida e relação dos torcedores vascaínos com o time impressionam o zagueiro colombiano, que chegou ao time nesta temporada

28 jun 2022 - 20h31
Ver comentários
Publicidade

Quintero, zagueiro do Vasco, é um dos principais destaques do time nesse início de campanha na Série B do Campeonato Brasileiro. Desde a sua chegada, o zagueiro tem atuado ao lado de Anderson Conceição e ambos tem jogado de maneira segura defendendo a camisa cruz-maltina. Na última partida, o colombiano foi coroado o gol, que abriu os caminhos para a vitória elástica sobre o Operário.

Defesa do Vasco é uma das menos vazadas na Série B do Campeonato Brasileiro (Foto: Daniel RAMALHO/CRVG)
Defesa do Vasco é uma das menos vazadas na Série B do Campeonato Brasileiro (Foto: Daniel RAMALHO/CRVG)
Foto: Lance!

Em entrevista ao programa 'Vascaínos e Vascaínas' da 'Vasco TV', o camisa 2 exaltou o relacionamento do grupo com o torcedor. Além disso, destacou a força, confiança e importância dos vascaínos. Para o defensor, isso é fundamental para a caminha rumo ao acesso à elite do futebol brasileiro.

- A torcida do Vasco é única. É indescritível o que a gente vive no dia a dia. Lá em São Januário, para onde viajamos, tem torcedores esperando nos aeroportos. Cada estádio é lotado para a gente, temos praticamente jogado em casa. Em cada lugar que vamos, jogamos com torcida única. Agradecemos todo esse apoio e credibilidade que tiveram com esse projeto e com o grupo, que cada vez mais tem um relacionamento forte e lindo que criamos com o torcedor - declarou Quintero.

O zagueiro também fez comparações acerca das duas principais divisões brasileiras e disse que a diferença não está nas viagens, que são praticamente as mesmas, e sim no que acontece em campo. Para Quintero, as equipes se portam taticamente de maneira diferente. Na Série A os jogos tendem a ser mais propositivo, enquanto na Série B mais reativos. E em razão do Vasco ser um clube referência e estar invicto, os times jogam mais fechados.

- Na Série A, as viagens são uma loucura. Na Série B você não tem muito espaço para jogar. São times muito fechados, que você tem que avaliar com muita paciência o jogo para achar espaços e criar oportunidade de gols. Na Série A praticamente todos os times sabem atacar e procuram o jogo fora de casa ou em casa. Na Série B não. Ainda mais com o Vasco, que é um clube referência. Os times vêm fechado, procurando um erro, procurando a bola. Tem que ter paciência para trabalhar a cada jogo. Cada jogo tem um estudo diferente de tática e técnica. Assim que nós aprendemos a trabalhar cada jogo distinto - disse o camisa 2.

Lance!
Publicidade
Publicidade