0

Mesmo com derrota, elenco do Vasco segue focado no clássico pela Copa do Brasil

Equipe tentará reverter vantagem do Botafogo na próxima quarta, em jogo que vale um bom dinheiro

20 set 2020
21h51
atualizado às 21h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Apesar da derrota do Vasco para o Coritiba por 1 a 0, neste domingo, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro, a reação dos jogadores foi aparentemente tranquila. Ficou evidente que a preocupação principal neste momento está no clássico contra o Botafogo, nesta quarta-feira, valendo uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil.

"Não tem esta questão de time principal porque o grupo forma uma coisa só. Mesmo com certos desfalques não podemos justificar nada porque quem entra tem a obrigação de ir bem. É para entrar e dar conta do recado" explicou o meia Ygor Catatau.

Para o lateral-direito Yago Pikachu, que cometeu o pênalti em cima de Robson que resultou no gol do Coritiba, é melhor esquecer logo esta derrota. "Perder é ruim e tem que doer. Mas agora temos que focar na Copa do Brasil, em jogo em nossa casa, onde temos que buscar a vaga".

Como perdeu no primeiro jogo por 1 a 0, na quarta-feira passada, no estádio do Engenhão, o Vasco agora precisa vencer por dois ou mais gols de diferença em São Januário. Se devolver o placar ou ganhar por um gol, então a vaga será definida nas cobranças de pênaltis. Quem passar chega às oitavas de final e garante uma premiação da CBF de R$ 2,6 milhões.

O zagueiro Miranda considerou a derrota injusta pelo maior de volume vascaíno, principalmente no segundo tempo. "Tivemos muitas chances de gol, muito mais do que eles. O Cano pegou bem duas vezes e o goleiro defendeu e criamos outras chances, enquanto que o Coritiba só arriscou de longe. Futebol não tem essa de perder e tudo bem. É preciso lutar para vencer sempre", concluiu.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade