2 eventos ao vivo

Luxemburgo diz que Vasco vai buscar dignidade e não comenta o caso Maxi López

Técnico vê cruzmaltino ceder empate ao Fortaleza no fim, pelo Brasileirão

26 mai 2019
22h28
atualizado às 22h28
  • separator
  • comentários

Depois do empate do Vasco contra o Fortaleza por 1 a 1, o segundo sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, parece que o técnico já tem uma posição bastante clara de sua missão no clube carioca. Ele só quer manter o time na elite do Campeonato Brasileiro e recuperar o seu prestígio, mesmo porque após a sexta rodada ainda continua na lanterna com apenas três pontos.

Luxemburgo também evitou falar na polêmica gerada com a exclusão do atacante argentino Maxi López deste jogo no Ceará. "Não quero e não vou enganar a torcida do Vasco. A disputa do clube é para recuperar o respeito dos adversários e a sua dignidade. Nós temos que sair desta coisa e não vamos ganhar campeonato nenhum neste ano. Talvez no ano que vem. Por isso, volto a pedir que todo o Vasco precisa se unir neste momento de dificuldade", explicou o treinador, que na sua estreia tinha empatado em casa contra o Avaí por 1 a 1.

Mas ele não descarta uma mudança de rumo, que poderia ocorrer "com quatro ou cinco vitórias, porém vamos manter os pés no chão e dentro da realidade", completou. Para ele vai ser importante a parada agora para a disputa da Copa América, inclusive com o clube cancelando dois amistosos que estavam programados. "Isso vai ser bom porque vamos deixar todo mundo em forma", reforçou.

Luxemburgo chegou a se irritar quando perguntado pela polêmica criada com a não inclusão de Máxi López para este jogo - ele estaria fora de forma. Mas o técnico se esquivou das perguntas na coletiva. "Não vou falar disso porque ele (Maxi) não está aqui. É um assunto para a gente ver quando voltar para o Rio de Janeiro", despistou.

O técnico tentou desviar o assunto elogiando o time que, segundo ele, "teria feito um jogo maravilhoso, com muita disposição" e citou até a "boa movimentação do Marrony", que não marca gols há 18 jogos. O atacante ainda é o artilheiro do time na temporada com cinco gols, agora ao lado de Yago Pikachu, que marcou o gol vascaíno de pênalti.

No Rio de Janeiro, Maxi López desistiu de buscar a melhor forma física, mesmo porque ele garantiu nas suas redes sociais que o motivo de sua ausência neste jogo não está bem explicado. "Em breve falarei minha versão. Mas o que posso dizer neste momento é que as notícias reportadas não tem fundamento e são falsas e tendenciosas. A verdade, a minha verdade em breve será explicada. Sou orgulhoso de mim mesmo e do que fiz com este time GIGANTE. Me sinto mentalmente e fisicamente muito bem, em forma, mais do que um ano atrás quando cheguei no Brasil".

Focado apenas no Brasileirão, o Vasco agora volta a campo no próximo domingo contra o Botafogo, em um clássico carioca. O duelo será disputado a partir das 11 horas no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade