PUBLICIDADE
Logo do

Vasco

Meu time

Lisca pede demissão e não é mais o técnico do Vasco

Treinador comandou o time vascaíno em 12 partidas e não conseguiu fazer a equipe evoluir; clube carioca ocupa hoje a nona posição da Série B

8 set 2021 15h26
| atualizado às 16h46
ver comentários
Publicidade

O sonho de Lisca acabou. Depois de ser apresentado pelo clube há apenas 50 dias, então dizendo dar um passo que sempre sonhou em sua carreira, o técnico pediu demissão nesta quarta-feira e não é mais técnico do Vasco. Ele optou por deixar o time dois dias depois da derrota por 3 a 1 para o Avaí, em Florianópolis, que fez a equipe carioca estacionar nos 32 pontos e hoje figurar apenas na nona posição da Série B do Campeonato Brasileiro.

Lisca chegou empolgado, mas não conseguiu fazer muito no Vasco (Rafael Ribeiro/Vasco)
Lisca chegou empolgado, mas não conseguiu fazer muito no Vasco (Rafael Ribeiro/Vasco)
Foto: Lance!

Foram 12 jogos do comandante à frente do time de São Januário, com quatro vitórias, um empate e sete derrotas, resultando em um aproveitamento de pouco mais de 36%.

"O Club de Regatas Vasco da Gama informa que Lisca não é mais o treinador do clube. O profissional solicitou seu desligamento ao departamento de futebol nesta quarta-feira (08/09), antes do primeiro treinamento da equipe visando o duelo contra o CRB (AL), pelo Campeonato Brasileiro (da Série B, no próximo dia 16, em Maceió)", informou o clube, por meio de nota divulgada em seu site oficial.

"O Vasco da Gama agradece ao técnico, assim como aos auxiliares Márcio Hahn e Cauan de Almeida, por todo empenho e dedicação ao longo do período à frente do clube. O auxiliar técnico Fábio Cortez e o preparador fisico Daniel Félix, que fazem parte da comissão permanente do Vasco, comandarão os treinamentos até a definição do novo treinador para a sequência da temporada", completou a direção vascaína.

Em um vídeo publicado no mesmo comunicado oficial divulgado pelo Vasco, o treinador agradeceu ao clube pela oportunidade e disse que espera voltar "numa outra situação". "Estou passando aqui para me despedir de vocês do clube e agradecer a todos, aos funcionários, aos jogadores, colaboradores. E em especial ao Alexandre Pássaro, nosso gerente, e ao nosso presidente Jorge Salgado. São duas pessoas que tive o prazer de conhecer pessoalmente e vi como são pessoas diferentes nesse meio do futebol", disse Lisca.

"A gente tentou de todas as maneiras buscar o objetivo do clube num curto espaço de tempo, no curto prazo que tinha para trabalhar. Infelizmente os resultados não vieram. O objetivo aqui era ter resultado a curtíssimo prazo. Como isso não aconteceu, hoje estou me desligando do clube", acrescentou o técnico.

Por fim, Lisca projetou o futuro do time desejando sucesso na continuidade da Série B, no qual a equipe está seis pontos atrás do Botafogo, atual quarto colocado e que hoje fecha a zona de acesso à elite do Campeonato Brasileiro.

"Desejo um grande final de campeonato, que o Vasco busque o objetivo, que é o acesso. Que faça jogos melhores que conseguiu fazer comigo. É uma tristeza muito grande, é uma oportunidade que eu tentei durante 30 anos, para buscar espaço num clube como o Vasco. Mas chega um momento que tem que hombridade para saber que o trabalho não funcionou. Por isso, tomei essa decisão. Estou passando aqui para agradecer a toda torcida vascaína. Muito obrigado a todos, espero um dia poder voltar a esse grande clube numa outra situação", concluiu.

Lance!
Publicidade
Publicidade