PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Uruguaia

Meu time

Tabarez comemora vitória e diz não saber se Mineirão é bom ambiente para Arrascaeta

16 jun 2019 22h12
ver comentários
Publicidade

O Uruguai iniciou sua caminhada na Copa América com vitória sobre o Equador, por 4 a 0, em goleada do Grupo C da Copa América, em duelo disputado na noite deste domingo, no Mineirão. Após o triunfo, o técnico Oscar Tabaréz ressaltou o triunfo de sua equipe e garantiu que sempre espera o melhor de seus atletas pelo nível de cada.

"Desses jogadores eu sempre espero o melhor. Tem um grau de comprometimento muito grande com a seleção. Há casos pontuais. O Suarez é o primeiro jogo após uma lesão, teve jogos-treino apenas. O Cavani também teve uma lesão importante. Tinha muita incerteza. A gente está quase totalmente contente. O Vecino teve uma lesão, vamos ver em Porto Alegre amanhã a gravidade. O futebol traz surpresas e temos que estar preparados para tudo. Tive que tirar o Vecino. Estamos ok, porque vimos este jogo como um jogo difícil, como todos vão ser, e ganhar é muito importante, é o que a gente quer. Por mais que tenha tido diferença de gols, o objetivo é ganhar o jogo. Talvez a gente quisesse fazer um pouco mais no segundo tempo. Mas a sensação do jogo controlado, dá essa coisa natural. Foi do jeito que a gente esperava, sim, mas tivemos que superar as dificuldades que o adversário propôs no começo", ressaltou o treinador.

Chamou a atenção da imprensa brasileira o fato de Arrascaeta não entrar em campo, afinal ele disputa vaga com Lodeiro e tinha até expectativa de ser titular. Segundo Tabarez, o craque do Flamengo e ex-jogador do Cruzeiro não foi acionado para evitar sentimentos por seu histórico recente em Minas Gerais.

"É um jogador da equipe. Ele é bom, muito bom, mas é uma equipe de 23 jogadores. Aqui não tem estrelas e ninguém deixado de lado. Não é um assunto importante o fato de ele não ter jogado. Esse estádio eu não sei se é o melhor ambiente para ele entrar, entre outras coisas. Não aconteceu. Tenho respeito com ele com os 22. É uma pessoa excelente. É um jogador de nível, hoje não teve a oportunidade de ser aproveitado", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade