1 evento ao vivo

U.S. Open multa jogador por fazer gesto simulando uma arma para um juiz de linha

Mike Bryan, que joga ao lado do irmão Bob, terá de pegar US$ 10 mil pela atitude

3 set 2019
00h17
  • separator
  • 0
  • comentários

O US Open multou o jogador de duplas Mike Bryan em US$ 10 mil (R$ 41,86 mil)no domingo, por seu comportamento antiesportivo no jogo de segunda rodada, quando apontou sua raquete para um juiz de linha simulando uma arma de fogo.

No primeiro ponto do 12º jogo do segundo set em que Mike Bryan e Bob Bryan disputavam a partida com Federico Delbonis e Roberto Carballés Baena, num lob de Delbonis a bola caiu em cima da linha e foi considerada dentro. Mike Bryan imediatamente contestou e um vídeo mostrou que a bola estava meia polegada fora da linha.

Como o monitor validou o argumento de Bryan, ele pegou sua raquete com as duas mãos e apontou para o juiz de linha como se estivesse segurando um rifle.

Bryan depois apontou seu dedo para a árbitra Mariana Alves e novamente se voltou para o juiz de linha e balançou a cabeça. Mariana Alves registrou como violação do código por conduta antiesportiva, e os irmãos Bryan reagiram com exasperação.

Diga-me, o que eu fiz agora? Qual foi o gesto? Perguntou Mike. "O gesto que você fez foi para o juiz de linha e para mim", respondeu Alves. "Você apontou sua raquete como se fosse uma arma. Não acho que foi apropriado".

A multa de US$ 10.000 aplicada para Bryan, 41 anos, foi a maior já vista no caso de um jogo masculino no US Open deste ano, até agora. Gestos simulando armadas vêm sendo fiscalizados cada vez mais durante uma epidemia de violência com armas nos Estados Unidos. "Achamos que esse valor foi justificado", disse Brendan McIntyre, porta-voz da Associação de Tênis dos Estados Unidos.

Mike Bryan, seis vezes campeão em jogos de duplas no US Open, em comunicado afirmou: "peço desculpas pela ofensa que posso ter causado. Ganhamos o ponto e o gesto foi uma brincadeira. Mas diante de notícias recentes e o clima político, compreendo que minha atitude poderia ser vista como antipática. Prometo que nunca mais farei algo igual novamente".

O incidente não prejudicou os irmãos Bryan no jogo: eles quebraram o jogo de Carballés e venceram a partida por 4-6, 7-5 e 6-3. O jogo terminou à 1h06 no domingo. A multa mais alta vista no US Open este ano foi aplicada a Carla Suárez Navarro, no valor de US$ 40.000 por "um desempenho na primeira rodada" medíocre, quando ela se retirou do jogo depois um set na segunda-feira. Ela disse que vai recorrer da multa.

Tradução de Terezinha Martino

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade