0

Thiago Monteiro é batido com facilidade por americano em estreia no US Open

Brasileiro perde para Bradley Klahn por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/3

26 ago 2019
15h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Único representante do Brasil na chave principal de simples masculina do US Open, Thiago Monteiro decepcionou nesta segunda-feira ao ser derrotado com facilidade pelo norte-americano Bradley Klahn por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/3, e foi eliminado já em seu jogo de estreia no Grand Slam em Nova York.

Atual tenista número 1 do País e 101º do mundo, Monteiro acabou sendo batido pelo hoje 108º jogador da ATP em apenas 1h46min de confronto nos Estados Unidos, que vive o seu dia inicial de disputas na importante competição realizada em quadras duras.

Essa foi a primeira vez que os dois mediram forças em duelo na elite do circuito profissional. E o jogador da casa foi dominante nos dois primeiros sets, no quais confirmou todos os seus saques sem oferecer nenhuma chance de quebra ao brasileiro. Para completar, converteu três de oito break points cedidos pelo adversário ao longo destas duas parciais para abrir 2 a 0.

No terceiro set, Monteiro chegou a esboçar uma reação ao ameaçar pela primeira vez o serviço de Klahn e ser feliz em uma de duas oportunidades de quebra para empatar em 2/2 a parcial. Porém, o norte-americano, que já havia convertido um break point, converteu outro para abrir vantagem e depois liquidar o confronto em 6/3.

No fim, o tenista dos Estados Unidos mostrou muito mais força do fundo de quadra, com 37 bolas vencedoras, contra apenas 17 do brasileiro, que também cometeu 29 erros não forçados, diante de 18 acumulados pelo seu oponente. Com 85% dos pontos vencidos com o seu primeiro serviço, Klahn ainda contabilizou 14 aces, enquanto o cearense somou cinco e amargou seis duplas faltas.

Em 2018, Monteiro chegou a superar o rival norte-americano por 2 sets a 0 em um torneio da série challenger, na França, em duelo válido por um evento do segundo escalão da ATP. Foi a única ocasião em que os dois mediram forças anteriormente.

Com o triunfo, o jogador da casa avançou para enfrentar na segunda rodada do US Open o japonês Kei Nishikori, sétimo cabeça de chave, que em outro confronto do dia contou com a desistência do italiano Marco Trungelliti, por lesão, quando vencia o segundo set por 4/1. Antes disso, o favorito ganhou a primeira parcial por 6/1.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade