2 eventos ao vivo

Sharapova é processada por possível fraude em projeto imobiliário

3 nov 2017
13h48
atualizado às 13h48
  • separator
  • comentários

No ano de seu retorno após suspensão por doping, tudo parecia correr bem para Maria Sharapova, especialmente após a conquista WTA de Tianjin, no mês passado. No entanto, a russa foi surpreendida nesta sexta-feira por um processo judicial aberto contra ela na Índia. A tenista foi denunciada por uma empresária que assegura ter investido em um projeto imobiliário fraudulento no qual a atleta estava envolvida.

Em entrevista à Agência EFE de notícias, o advogado da litigante, Piyush Singh, informou que um tribunal na cidade de Delhi ordenou à polícia que abrisse investigação sobre o caso, após Bhawana Agarwal ter processado a imobiliária Homestead por supostamente não ter licença para construir um luxuoso complexo residencial chamado Ace by Sharapova.

A empresária teria pagado cerca de 70 mil euros (aproximadamente 270 mil reais) para reservar um apartamento em um projeto de casas. Este complexo de habitações deveria contar com uma quadra de tênis onde os moradores "poderiam inclusive desfrutar de uma sessão particular" quando a russa estivesse na Índia, segundo informa a imobiliária Homestead.

"Sharapova deveria ter se assegurado da legalidade do projeto que estava promovendo, isso é o que a lei diz", afirmou o advogado, ao justificar a inclusão da tenista no processo. Singh disse ainda que ela está envolvida no caso, uma vez que "apoiou o projeto de forma pública" e que a polícia deve determinar a existência ou não do crime nos próximos 30 ou 60 dias.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade