3 eventos ao vivo

Retorno do circuito do tênis segue cercado de dúvidas, diz Marcelo Melo

'Não sei ainda como será essa adaptação do calendário com estes novos tempos da pandemia', avalia o tenista

26 mai 2020
13h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Se o retorno do futebol na Europa parece estar perto de acontecer, no tênis a situação é bem diferente. Datas, torneios e calendário ainda estão cercados de incógnitas, na avaliação do duplista Marcelo Melo. Na sua avaliação, é difícil fazer qualquer previsão neste momento.

"Os tenistas jogam praticamente uma semana em cada lugar. Não sei ainda como será essa adaptação do calendário com estes novos tempos da pandemia. Talvez fazer mais de um torneio em um só local, todo mundo no mesmo lugar. Não dá para saber ainda. Precisamos aguardar um panorama melhor da ATP e da realidade dos países", diz o número cinco do mundo nas duplas.

Ele admite que há até especulações sobre o retorno do tênis somente em janeiro. Mas nada certo no momento. "Por enquanto são só opiniões diferentes. Uns falando neste ano, outros em 2021. O importante é deixar a ATP encontrar o melhor caminho. À medida que for reabrindo, sem quarentena, nos países, já será um passo enorme."

Melo voltou há poucos dias ao Brasil. Ele estava nos Estados Unidos desde que o circuito foi paralisado, às vésperas do Masters 1000 de Indian Wells. Para não perder a viagem, ele permaneceu em solo americano para treinar, seguindo as orientações de distanciamento social. Seu parceiro de treinos foi o alemão Alexander Zverev, atual 7º do mundo em simples.

"Vou dar sequência aos treinos, aqui em Belo Horizonte, com meu irmão Daniel (Melo, técnico), o Chris (Bastos, preparador físico) e o Daniel Azevedo (fisioterapeuta), seguindo um planejamento de treinar para manter a forma, o corpo em dia, e ir ajustando e aumentando o ritmo de acordo com as notícias que tivermos desse retorno, dos próximos passos, de uma data confirmada para a volta dos torneios", declarou.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade