0

Rafael Nadal derrota Milos Raonic e mantém Time Europa na frente na Laver Cup

Últimos quatro jogos de torneio com grandes nomes do tênis serão disputados nesse domingo

21 set 2019
20h53
  • separator
  • 0
  • comentários

Campeão do US Open no último dia 8, o espanhol Rafael Nadal voltou às quadras neste sábado para a disputa da Laver Cup, competição com vários dos principais tenistas do planeta que está sendo realizado em Genebra, na Suíça. O atual número 2 do mundo jogou primeiro uma partida de simples, com vitória sobre o canadense Milos Raonic, e depois uma de duplas, na qual ao lado do grego Stefanos Tsitsipas perdeu para o australiano Nick Kyrgios e o norte-americano Jack Sock.

Abrindo a rodada noturna deste sábado na Laver Cup, Nadal mostrou toda a sua categoria diante de Raonic e levou a melhor em sets diretos, triunfando com o placar final de 6/3 e 7/6 (7/1), após 2 horas e 8 minutos. Com pontuação dobrada neste segundo dia de competição, o resultado fez o Time Europa abrir 7 a 3 no confronto contra o Time Mundo.

Cerca de meia hora depois de despachar Raonic, Nadal voltou à quadra para a partida de duplas. Ele e Tsitsipas não teve um bom desempenho e foi derrotada por Kyrgios e Sock por 2 sets a 1 - com parciais de 6/4, 3/6 e 10 a 6 no match tie-break, depois de 1 hora e 23 minutos. Assim, o Time Mundo fechou o dia em desvantagem de 7 a 5 e deixou a disputa pelo título em aberto.

Neste domingo, os últimos quatro jogos da Laver Cup - três de simples e um de duplas - valerão três pontos cada. O dia começará com o que a torcida mais espera no evento. Federer e Nadal jogarão juntos contra Sock e o compatriota John Isner. Na sequência, o espanhol enfrentará Kyrgios e o suíço duelará contra Isner. Por fim, o alemão Alexander Zverev encarará Raonic.

Agora na Suíça, a Laver Cup, disputada em quadra indoor, passou por Praga e Chicago nas edições anteriores. No ano passado, o destaque foi a dupla formada por Federer e o sérvio Novak Djokovic. A parceira, no entanto, não teve o mesmo sucesso da dupla composta pelo suíço e por Nadal em 2017. O feito chegou a disputar o Prêmio Laureus na categoria Melhor Momento Esportivo, mas perdeu para a homenagens às vítimas do acidente aéreo da Chapecoense.

Além da presença de grandes tenistas, a Laver Cup chama a atenção em razão do apelo visual. A incomum quadra dura preta recebe forte iluminação e a transmissão de televisão é repleta de recursos tecnológicos, com câmeras e ângulos diferentes dos usuais, transformando a quadra em um palco.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade