1 evento ao vivo

Querrey dispara 16 aces contra Verdasco e faz final com Sock

11 abr 2015
21h50
atualizado às 21h50
  • separator
  • comentários

O tenista Sam Querrey fez valer o apoio da torcida local e garantiu um lugar na final do ATP 250 de Houston, nos Estados Unidos. Na tarde deste sábado, o grandalhão norte-americano (1,98m) derrotou o atual campeão do torneio, o espanhol Fernando Verdasco, por 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 2/6 e 6/4, em 2h04, pelas semifinais.

Cabeça de chave número 8 em Houston, Querrey aproveitou sua altura para disparar nada menos que 16 aces contra o rival espanhol, que registrou 11 a menos. Assim, o estadunidense volta a disputar uma final após três anos, quando acabou conquistando o título em Los Angeles.

O rival dele será o compatriota e surpresa do campeonato, Jack Sock. O jovem tenista de 22 anos despachou o terceiro pré-classificado, o sul-africano Kevin Anderson, por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7-3) e 6/3, após 1h33 de disputa.

Mais conhecido por atuar nas chaves de duplas, Jack Sock (46º do mundo) fará sua primeira final em torneios de simples na carreira. Ele e Sam Querrey nunca se enfrentaram antes. O jogo está marcado para às 12 horas (de Brasília) deste domingo.

ATP 250 de Casablanca

No Marrocos, a final também está definida. O segundo principal favorito, o eslovaco Martin Klizan, superou o bósnio Damir Dzumhur, por 2 sets a 1, parciais de 4/6, 6/4 e 6/0, ao passo que o espanhol Daniel Gimeno-Traver passou pelo cabeça de chave 3, o tcheco Jiri Vesely, também em três sets - 6/7 (3-7), 6/4 e 6/4.

Aos 25 anos de idade, Klizan vai buscar seu terceiro troféu em torneios de nível ATP, sendo que nunca perdeu em uma decisão. Daniel, com 29, alcançou pela primeira vez uma final na carreira.

Os dois se encontraram em apenas uma oportunidade pelo Circuito: pelas oitavas de final do ATP 250 de Quito, neste ano, quando Klizan saiu vencedor por 2 sets a 1. Daniel defenderá uma supremacia espanhola em Casablanca, já que desde 2011 um jogador da Espanha termina como campeão no Marrocos (Pablo Andujar em 2011 e 2012; Tommy Robredo em 2013 e Guillermo García-López no ano passado).

Challenger de Sarasota

O gaúcho Guilherme Clezar conquistou um importante resultado neste sábado em busca de uma vaga na chave principal do Challenger de Sarasota, nos Estados Unidos. Ele estreou com vitória no qualifying sobre o francês Fabrice Martin, com um duplo 6/2, em apenas 58 minutos.

Na próxima rodada, neste domingo, Clezar vai medir forças, pela primeira vez, com o russo Denis Matsukevich, 451º colocado no ranking da ATP. O europeu bateu oi norte-americano Stefan Kozlov, também por 6/2 e 6/2.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade