5 eventos ao vivo

Pentacampeão, Hamilton espera chegar perto das marcas de Schumacher

5 nov 2018
18h39
atualizado às 19h01
  • separator
  • comentários

Depois de garantir o pentacampeonato da Fórmula 1 no Grande Prêmio do México, Lewis Hamilton entrou definitivamente para um grupo seleto de vencedores e lendas da categoria. O britânico de 33 anos igualou Juan Miguel Fangio com cinco títulos, ficando atrás apenas de Michael Schumacher, o único heptacampeão da história.

Com mais dois anos de contrato com a Mercedes, fica a dúvida se Hamilton conseguirá alcançar os recordes do alemão. Apesar de reconhecer as dificuldades, se depender dele, ele vai buscar o feito.

"Estou muito, muito feliz. Se vou ou não ter a chance de ganhar mais, quem sabe?! Eu vou dar tudo para fazer isso. As 91 vitórias que ele (Schumacher) tem, por exemplo, são muitas vitórias. Ainda há um longo caminho a percorrer, mas estou aqui por mais alguns anos, então espero poder pelo menos chegar perto", pontuou.

Hamilton diz que seria difícil se recuperar de derrota para Massa em 2008

No pódio dos imortais

Se o britânico da Mercedes conseguir manter a média dos últimos cinco anos - nove vitórias por temporada -, ele poderá alcançar Schumacher em número de vitórias nos próximos dois anos.

"Michael ainda está muito à frente nas vitórias, então você pode dizer que ele ainda é o melhor de todos os tempos. Fangio, eu acho, é o padrinho e sempre será, do ponto de vista de um piloto. Para fazer o que ele fez naquela época, quando tudo era tão perigoso… Meu respeito é muito grande por ele. Eu me sinto muito honrado em ter meu nome ao lado dele. Se eu parasse hoje, o nome de Hamilton sempre estará lá. Eu sinto que ainda estou guiando com aquele fogo que tinha quando tinha oito anos, o que eu amo", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade