0

Osaka admite que ficou agoniada após final do US Open

3 out 2018
11h39
atualizado às 11h39
  • separator
  • comentários

O dia 08 de setembro deste ano foi um dos mais importantes da carreira e felizes na vida de Naomi Osaka, que conquistou o US Open ao derrotar na grande decisão a americana Serena Williams. No entanto, a final foi marcada pela reclamação contundente da tenista da casa, que criticou veemente a atuação do árbitro da partida. Para a japonesa, esse momento fez com que ela se sentisse extremamente mal, mesmo com o título inédito.

"Eu tive sorte que o torneio de Tóquio acontecia logo em seguida do US Open, e com isso consegui me concentrar ao máximo e menos tempo para pensar em tudo que havia ocorrido. Aquilo me deixou muito agoniada. Gostaria de saber me expressar melhor sobre o que sinto, mas o fato é que as memórias do US Open são um tanto quanto amargas, mesmo conquistando o título", afirmou Osaka em entrevista ao site Sports360.

O momento relembrado por Osaka aconteceu no final da partida, quando Serena Williams levou uma punição por ter quebrado a raquete e por, anteriormente, ter recebido uma advertência por "coaching" (quando o técnico passa instruções para sua jogadora durante a partida, algo proibido no tênis).

Após receber a punição, a americana não aceitou perder o ponto e discutiu com o árbitro da partida, o português Carlos Ramos, vociferando que ele estava sendo machista e que a atitude dele tinha sido injusta, além de chamá-lo de ladrão. Com isso, Serena perdeu um game inteiro, situação que deixou a vida da tenista da casa mais complicada.

Por fim, a jovem tenista japonesa destacou que pretende ganhar mais torneios Grand Slam na sua carreira. Não quero ganhar apenas um Slam, tenho muita confiança em mim mesma e acredito que posso fazer ainda mais, ganhar mais títulos importantes. É curioso ser agora exemplo para outras jogadoras, outras tenistas de alto nível, ainda mais porque ainda me sinto uma garota".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade