0

Número 1 do mundo, Halep perde na estreia em Sydney em retorno às quadras

No torneio de duplas masculino, Soares e Murray vencem e avançam à semifinal em Sydney

9 jan 2019
13h41
  • separator
  • comentários

Atual número 1 do mundo, a tenista romena Simona Halep decepcionou em seu retorno às quadras. Afastada dos torneios desde o fim de setembro, a líder do ranking foi eliminada logo na estreia no Torneio de Sydney, na Austrália, nesta quarta-feira. A favorita foi superada pela local Ashleigh Barty pelo placar de 2 sets a 0, com duplo 6/4.

Halep não entrava em quadra desde que caiu na estreia em Pequim, na China. Com problemas físicos, ela vinha exibindo atuações irregulares, com três quedas seguidas em estreias, incluindo o US Open. Uma lesão nas costas a fez encerrar sua temporada de forma precoce, evitando cirurgia.

Totalmente recuperada, Halep fez o seu retorno nesta quarta. Mas esteve aquém do esperado. A líder do ranking foi dominada em sua estreia em Sydney. Ela sofreu quatro quebras de saque no duelo, sendo duas em cada parcial. E faturou apenas duas. Barty, atual 15ª do mundo, fechou o jogo após 1h27min.

Foi o único torneio preparatório de Halep para o Aberto da Austrália, cuja chave principal terá início no dia 14, em Melbourne. A romena defende o vice-campeonato no primeiro Grand Slam da temporada.

Em Sydney, nas quartas de final, Ashleigh Barty vai enfrentar a belga Elise Mertens, que despachou nesta quarta a estoniana Anett Kontaveit por 6/3 e 6/1.

Outra favorita ao título, a checa Petra Kvitova não decepcionou. A quinta cabeça de chave superou a taiwanesa Su-Wei Hsieh por 7/6 (7/2) e 6/2 e avançou às quartas de final. Na sequência, a dona de dois títulos de Wimbledon vai duelar com a alemã Angelique Kerber, número dois do mundo e atual campeã do Grand Slam londrino.

Já a norte-americana Sloane Stephens, quarta pré-classificada, foi eliminada, com direito a um "pneu" diante da casaque Yulia Putintseva, pelo placar de 3/6, 7/6 (7/4) e 6/0. A tenista do Casaquistão vai duelar agora com a holandesa Kiki Bertens, sétima cabeça de chave, que avançou graças ao abandono da espanhola Garbiñe Muguruza.

Também venceram nesta quarta a bielo-russa Aliaksandra Sasnovich e a suíça Timea Bacsinszky, responsável pela eliminação da local Samantha Stosur por 5/7, 6/4 e 6/3.

HOBART - Em outro torneio disputado na Austrália, em preparação ao primeiro Grand Slam do ano, as cabeças de chave se garantiram nas quartas de final. A francesa Alize Cornet (6ª) superou a compatriota Pauline Parmentier por 6/3 e 6/0. E belga Kirsten Flipkens (7ª) ganhou da eslovaca Viktoria Kuzmova por 6/7 (3/7), 6/4 e 6/1.

Responsável por eliminar a principal favorita ao título, a francesa Caroline Garcia, a norte-americana Sofia Kenin venceu mais uma nesta quarta. Ela superou a tunisiana Ons Jabeur por 7/6 (8/6) e 6/3. Também avançaram nesta quarta a belga Greet Minnen, a eslovaca Anna Schmiedlova, a romena Irina-Camelia Begu, a ucraniana Dayana Yastremska e a suíça Belinda Bencic.

BRASILEIROS AVANÇAM NAS DUPLAS

O brasileiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray venceram mais uma no Torneio de Sydney, nesta quarta-feira, e avançaram às semifinais da competição australiana, de nível ATP 250. A dupla do brasileiro derrotou o croata Ivan Dodig e o francês Edouard Roger-Vasselin pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3, em 1h16min. Cabeça de chave número dois do torneio, Soares/Murray faturou duas quebras de saque no duelo, uma em cada set, e não teve o serviço perdido em nenhum momento da partida. Foram três break points salvos, todos no primeiro set. No segundo, eles dominaram com facilidade.

Na semifinal, brasileiro e britânico vão enfrentar Ken Skupski e Neal Skupski, dupla de irmãos britânicos, na briga por uma vaga na decisão. O Torneio de Sydney é um dos preparatórios para o Aberto da Austrália, que terá início no dia 14, em Melbourne. Para Soares e Murray, a competição se tornou mais importante na preparação porque no primeiro torneio da dupla na nova temporada, em Doha, eles foram eliminados logo na estreia.

Pela chave de simples, os principais cabeças de chave não decepcionaram nesta quarta. A começar pelo principal favorito, o grego Stefanos Tsitsipas, que despachou o argentino Guido Andreozzi por 6/3 e 6/4. Foi a estreia do cabeça de chave número 1.

Na sequência, já pelas quartas de final, o grego vai encarar o italiano Andreas Seppi, oitavo pré-classificado, que avançou nesta quarta ao derrotar o eslovaco Martin Klizan por 7/6 (7/2) e 6/2.

Terceiro cabeça de chave, o argentino Diego Schwartzman também fez boa estreia. Ele bateu o espanhol Guillermo Garcia-López por 6/2 e 6/3. Nas quartas, o tenista da Argentina vai enfrentar o japonês Yoshihito Nishioka, que despachou o russo Andrey Rublev por 6/3 e 6/1.

Também venceram nesta quarta os cabeças de chave Gilles Simon (4º), da França, e Alex De Minaur (5º), da Austrália. Já o húngaro Marton Fucsovics (7º) se despediu do torneio.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade