12 eventos ao vivo

Não é fácil jogar contra uma amiga, afirma Stephens sobre Keys

8 set 2017
17h01
  • separator
  • comentários

Na decisão do Aberto dos Estados Unidos, o confronto será entre amigas conterrâneas. Depois de 11 meses parada, após cirurgia no pé esquerdo, Sloane Stephens disputa sua primeira final de Grand Slam justamente contra uma de suas melhores amigas, Madison Keys. "É claro que vai ser difícil. Não é fácil jogar contra uma amiga", ressaltou Stephens.

"Ela é uma jogadora muito forte e saca muito bem", afirmou Stephens. O único embate anterior entre as tenistas teve vitória de Stephens, na segunda rodada de Miami em 2015.

Em janeiro, quando Keys estava se recuperando de cirurgias no pulso e Stephens fazia tratamento no pé, as duas jogadoras lamentavam o fato de não poderem participar dos torneios em andamento. "Estava pensando e rindo, 'quem de nós pensaria, na Austrália, que nós duas estaríamos nas finas do US Open?'", declarou. "Nunca imaginei que as coisas aconteceriam assim. Mas não posso pensar em alguém melhor para compartilhar essa primeira experiência", finalizou.

Antes de chegar à final em casa, o melhor feito de Stephens havia sido na semifinal do Aberto da Austrália em 2013, quando venceu Serena Willians, nas quartas. No mesmo ano, chegou às quartas de final em Wimbledon, mas perdeu para Marion Bartoli, campeã daquele ano.

No início da preparação para o torneio nos EUA, Stephens estava na 957ª colocação no ranking, e subiu após as semifinais em Toronto e em Cicninnati. Agora, chega ao 22º posto. Se vencer, será 17ª colocada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade