1 evento ao vivo

Nadal vence Medvedev, conquista seu 4º US Open e cola em Federer

8 set 2019
22h35
atualizado em 9/9/2019 às 16h47
  • separator
  • 0
  • comentários

Rafael Nadal conquistou seu quarto caneco do Aberto dos Estados Unidos na noite deste domingo. Diante do russo Daniil Medvedev, o espanhol chegou a abrir 2 a 0, viu o número cinco do mundo buscar a reação e empatar, mas garantiu o título ao fazer 3 sets a 2 (parciais de 7/5, 6/3, 5/7, 4/6, 6/4), em uma partida que durou quase cinco horas.

Desse modo, Nadal segue com um ótimo aproveitamento em finais de US Open: quatro vitórias em cinco jogos. Além do triunfo na atual edição, o canhoto de Mallorca levou a melhor em 2010, 2013 e 2017, perdendo apenas em 2011, quando foi superado pelo sérvio Novak Djokovic.  Os maiores vencedores da competição são Jimmy Connors, Roger Federer e Pete Sampras, com cinco canecos.

De quebra, Nadal chega a 19 conquistas em Grand Slams e se aproxima do recordista Roger Federer, que contabiliza 20 taças dos quatro torneios mais importantes do tênis mundial: Aberto da Austrália, Roland Garros e Wimbledon, além do Aberto dos Estados.

Por fim, o espanhol se torna o primeiro tenista a conquistar cinco Grand Slams depois dos 30 anos. São três Roland Garros em sequência, além de dois triunfos em Nova York, em 2017 e agora 2019. Ele deixa para trás Roger Federer, Novak Djokovic, Rod Laver e Ken Rosewall, que ostentam quatro troféus depois de três décadas de vida.

Assim, o Nadal conquista sua 84ª competição em torneios de simples. Neste ano, ele já sagrou-se campeão de Roland Garros, do Masters 1000 de Roma e, recentemente, Montreal, onde bateu justamente Medvedev na final, mas sem maiores dificuldades, por 6/3 e 6/0. Apesar do título, o canhoto de Mallorca seguirá como segundo do mundo, atrás do sérvio Novak Djokovic.

Medvedev, por sua vez, mostra o motivo de estar em franca ascensão entre os 10 melhores tenistas do ranking da ATP, em que subirá uma posição e assumirá o quarto lugar com o vice-campeonato. O russo, que disputou sua primeira final de Grand Slam na carreira, acumula cinco títulos de elite, entre eles o Masters 1000 de Cincinnati deste ano, e é o atleta com mais vitórias em 2019.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade