0

Nadal passa fácil por Monfils; Djokovic dá adeus em Madrid

9 mai 2018
13h42
atualizado às 13h48
  • separator
  • comentários

Cabeça de chave número 1 do torneio, Rafael Nadal estreou com o pé direito em Madrid nesta quarta. Atuando "em casa", o espanhol derrotou sem grandes problemas o francês Gael Monfils por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1, em uma hora e quinze minutos de partida, e garantiu o seu avanço no Masters 1000.

Foto: Reuters

O começo da partida foi o momento de maior dificuldade do número 1 do planeta. Com uma estratégia bastante agressiva do francês, o espanhol conseguiu não só se sair bem ao defender três reak-points nos dois primeiros, saques, como também quebrou logo o primeiro saque do rival. Passado este momento, Nadal não teve maiores problemas para fechar o primeiro set após aproveitar a vantagem inicial.

Se no primeiro set Nadal teve alguns desafios, no segundo foi um passeio. Logo no primeiro serviço do adversário, o espanhol já conseguiu a quebra. Na sequência Monfis conseguiu confirmar o seu saque, que representou o seu game de honra na segunda parcial, já que Nadal completou quatro games em sequência para fechar a partida por 2 sets a 0.

Seu próximo adversário sairá do vencedor do duelo entre o espanhol Feliciano López e o argentino Diego Schwartzman. Diante de seu compatriota, Nadal possui uma vantagem de nove vitórias e quatro derrotas. Já contra o argentino, a vantagem é de quatro triunfos contra uma derrota.

Djokovic é eliminado

Um pouco mais cedo, Novak Djokovic voltou a mostrar inconstâncias em seu jogo e acabou superado pelo britânico Kyle Edmund por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 2/6 e 6/3 em 1 hora e 40 de partida. O resultado faz com que o sérvio falhe na defesa da semifinal do torneio do ano passado, fazendo com que perca muitos pontos no ranking da ATP.

O próximo desafio de Edmund será o belga David Goffin, algoz do holandês Robin Haase com uma vitória em sets diretos e parciais de 7/5 e 6/3. Será segundo encontro entre os tenistas. No primeiro, na decisão da Copa Davis de 2015, Goffin se saiu vitorioso.

Foto: Reuters
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade