14 eventos ao vivo

Murray desiste de Montreal e pode perder topo do ranking para Nadal

3 ago 2017
16h42
atualizado às 17h03
  • separator
  • comentários

Nesta quinta-feira, o Masters 1000 de Montreal sofreu duas importantes baixas para a edição de 2017 da competição, que se inicia na próxima segunda. O número um do mundo, Andy Murray, e o croata Marin Cilic, sexto do ranking, não participarão da disputa, conforme informou a organização do torneio.

Uma possível desistência de Murray já era especulada. O último jogo do britânico foi as quartas de final de Wimbledon, quando foi eliminado pelo norte-americano Sam Querrey. Durante a partida, o líder do ranking já dava sinais de problemas físicos, que vêm atrapalhando toda sua temporada.

Murray, que está lutando contra uma lesão no quadril, lamentou ter que desistir do Masters 1000 de Montreal. O britânico já foi campeão no Canadá em 2009, 2010 e 2015, e espera voltar ao circuito o mais rápido possível.

"Estou triste por perder o torneio em Montreal, pois tenho ótimas lembranças do Canadá. Estou fazendo de tudo para voltar o mais rápido possível", declarou Andy.

A desistência pode custar caro a Murray, que pode perder a liderança do ranking mundial. O britânico está apenas 285 pontos à frente de Rafael Nadal, segundo colocado, que pode voltar ao número um caso chegue à semifinal.

Além disso, com as ausências de Murray e de Novak Djokovic, que abandonou a temporada, Nadal e Roger Federer serão os dois primeiros cabeças de chave do torneio, o que ratifica a ótima temporada de ambos tenistas.

Já Marin Cilic, finalista de Wimbledon, também não estará presente em Montreal. O croata defende o título do Masters 1000 de Cincinnati, torneio seguinte ao do Canadá, e pode perder importantes pontos no ranking caso não atue nos Estados Unidos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade