6 eventos ao vivo

Monteiro ganha mais uma no quali e fica a uma vitória da chave de Roland Garros

Brasileiro se aproxima do Grand Slam após vencer o francês Antoine Cornut Chauvinc por 2 sets a 1

22 mai 2019
18h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Thiago Monteiro ficou mais perto de garantir sua vaga na chave principal de Roland Garros nesta quarta-feira. O tenista número 1 do Brasil derrotou o francês Antoine Cornut Chauvinc por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3, em duas horas de jogo, em Paris. Com duas vitórias no qualifying, ele só precisa de mais um triunfo para disputar a chave do Grand Slam francês.

"Foi um jogo muito duro. Realmente o meu adversário hoje jogou extremamente solto, com o apoio da torcida e foi muito bem. Comecei forte no início e ganhei o primeiro set. No segundo, ele aproveitou um detalhe, foi um break e depois uns games duros. No terceiro eu me mantive forte e concentrado pois sabia que estava jogando bem. Esperei as oportunidades, que apareceram. E estou muito feliz com o meu jogo de hoje", comentou.

Thiago Monteiro.
Thiago Monteiro.
Foto: Thiago Monteiro/Facebook / Estadão

Para disputar a chave pela segunda vez na carreira, o tenista de 24 anos precisa superar o austríaco Lucas Miedler, atual 232º do mundo. Será a primeira vez que o brasileiro, 113º do mundo, enfrentará o rival da Áustria.

"Estar na última rodada de um Grand Slam novamente significa bastante para mim. Venho confiante, me sentindo bem e agora vou jogar na sexta contra um adversário que não conheço. Vamos tirar a quinta para ajustar esses detalhes que faltam e estabelecer a forma de jogar contra ele, para fazer uma boa partida e furar esse qualifying", projetou.

Monteiro disputa o quali de Roland Garros pela terceira vez na carreira. Nas duas edições anteriores, em 2016 e 2018, ele foi derrotado logo na estreia. Se conseguir furar o quali, ele será o único brasileiro nas chaves de simples do torneio. Isso porque Rogério Dutra Silva caiu na rodada de abertura do quali e Thomaz Bellucci nem entrou na disputa por conta de lesão.

Além disso, Beatriz Haddad Maia abandonou logo em seu primeiro jogo no quali, também nesta quarta. Ela sofreu uma leve contratura na coxa direita no terceiro set e acabou desistindo do confronto com a ucraniana Katarina Zavatska. Na última parcial, a brasileira chegou a abrir 3/0 antes de começar a sentir as dores que forçaram a desistência quando o placar mostrava 6/3, 5/7 e 3/2.

"Eu estava com uma boa vantagem no terceiro set (3/0), mas a dor já estava me incomodando, fiquei com receio de continuar e complicar para uma lesão mais grave. Não foi nada mais sério, é só recuperar nos próximos dias. Me custou não avançar em Roland Garros, estou triste, mas a minha saúde é prioridade 100%", afirmou a brasileira.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade